Campeonato Brasileiro

Goiás arranca empate em Salvador

Com um a mais por quase todo o jogo, time goiano tinha sete desfalques e ficou no 1 a 1 contra o Bahia


Fábio Alves
Do Mais Goiás | Em: 18/08/2019 às 18:40:23

Goiás empata com Bahia por 1 a 1, na Fonte Nova (Foto: Reprodução/E.C Bahia)
Goiás empata com Bahia por 1 a 1, na Fonte Nova (Foto: Reprodução/E.C Bahia)

Fora de casa e desfalcado de sete atletas, o Goiás empatou contra o Bahia por 1 a 1. Na Fonte Nova, em Salvador, o clube goiano teve vantagem numérica desde os seis minutos do primeiro tempo – depois da expulsão do lateral-esquerdo Moisés. O Bahia, em boa fase, não se intimidou. Pressionou, mas cedeu espaço. Fábio Sanches abriu o placar para Goiás. Guerra empatou. Com 18 pontos, o Goiás foi para a 12ª posição.

A partida foi válida pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time de Ney franco teve sete desfalques. O jogo foi movimentado. Marlone teve a chance de anotar o tento da vitória na segunda etapa: acabou desperdiçando. O goleiro Tadeu repetiu o nível de atuações e fez defesas importantes.

“O resultado foi uma pena pela partida que fizemos, pela entrega. Muitos jogadores fizeram papéis que não estavam acostumados. E foram bem. Saímos daqui com um ponto, mas fazendo uma partida que temos que valorizar. Saio chateado porque a vitória estava próxima. A equipe do Bahia é qualificada, tanto que com um a menos teve várias chances”, analisou Tadeu, ainda no gramado da Fonte Nova, em entrevista à Rádio Sagres.

O Goiás saiu na frente da peleja. Marcelo Hermes cobrou escanteio e o zagueiro Fábio Sanches, aos 34 minutos do primeiro tempo, marcou de cabeça. Os donos da casa jogavam com um a menos devido à expulsão de Moisés, aos seis minutos. O VAR interviu no lance ao demonstrar atitude violenta do jogador contra Jean Carlos.

A segunda etapa ganhou emoção. O Bahia seguiu pressionando em busca do empate. O Goiás oferecia perigo em contra-ataques. Aos 14 minutos, Tadeu fez defesa complexa ao se esticar e tirar a bola que tinha endereço certo após cabeçada de Fernandão.

Marlone teve chance de ampliar aos 18 minutos da etapa final. O camisa 10 aproveitou desvio de Rafael Moura, invadiu área, cortou o defensor e bateu para fora. A resposta veio. O Bahia chegou ao empate com Guerra. Aos 26, ele aproveitou sobra dentro da área e chutou forte, sem chance para Tadeu dessa vez. O jogo ficou aberto. O Goiás cresceu de produção e tomou conta das ações ofensivas. Pressionou, mas não conseguiu o tento da vitória.

O Goiás volta a jogar pelo Brasileiro no domingo (25), no Serra Dourada, quando recebe o Internacional, às 16h. Já são sete jogos seguidos sem vencer na competição. Com 21 pontos, o Bahia está em 10º.