Ton Paulo
Do Mais Goiás

Goiás aplica exame em alunos de municípios fora da zona de calamidade

Avaliação diagnóstica mede aprendizado de estudantes no ano passado

Foto: Divulgação

Teve início, na última segunda-feira (22), a aplicação da avaliação diagnóstica em escolas estaduais de Goiás. A prova, aplicada em esquema de rodízio pelo governo do Estado, é uma forma de mensurar nos alunos da rede pública “as lacunas de aprendizagem geradas no ano passado”, quando irrompeu a pandemia do novo coronavírus. No entanto, só farão a prova os estudantes de municípios que estão fora da classificação de calamidade da Secretaria de Saúde (SES).

A avaliação será aplicada em todos os níveis da educação estadual. Ela traz conteúdos de língua portuguesa e matemática e tem como objetivo verificar o que o aluno aprendeu e o que deixou de aprender ao longo de 2020.

Ao Mais Goiás, a superintendente de Organização e Atendimento Educacional de Goiás, Patrícia Coutinho, esclareceu que a prova vai acontecer durante o prazo de duas semanas, de 22 de fevereiro até 4 de março, para permitir que as escolas respeitem a capacidade máxima de 30% de funcionamento.

“Trinta por cento dos alunos vai para escola, faz a prova, e no outro dia mais trinta por cento. E aquele pai que não se sentir confortável em mandar seu filho, ele pode levar a avaliação para fazer em casa”, explicou Patrícia.

A superintendente destacou que a avaliação será aplicada somente nos municípios cuja região não foi enquadrada pela SES em situação de calamidade na contaminação de covid-19, fato que exclui as 89 cidades de 6 regiões que estão em área vermelha. Esses municípios, segundo Patrícia, farão a prova somente quando saírem do status de calamidade.

A análise dos resultados das provas deverá nortear, além do planejamento das atividades escolares para 2021, os ajustes do ensino e aprendizagem desenvolvidos de forma remota no ano passado em decorrência da pandemia de covid-19.

 

 

 

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500