Tecnologia

Goiano apresenta aplicativo para estudantes na ONU

'Re Formula', criado por Shalon Santos, tem objetivo de ajudar estudantes a melhorarem o desempenho escolar


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 10/09/2019 às 19:31:12

Goiano Shalon Santos apresentou o app 'Re Formula' na ONU (Foto: Divulgação)
Goiano Shalon Santos apresentou o app 'Re Formula' na ONU (Foto: Divulgação)

O goiano Shalon Santos viajou a Washington DC, capital dos Estados Unidos, para apresentar um projeto de educação a distância em uma assembleia de jovens da Organização das Nações Unidas (ONU). Como delegado da assembleia, ele expôs o aplicativo Re Formula, que ajuda estudantes a melhorarem o desempenho da vida escolar.

A ideia do app é que estudantes e professores estejam conectados e possam ter aulas interativas, reforço e sanar dúvidas das diversas matérias com variedade de professores e disponibilidade de horários.

Para Shalon, o Re Formula é uma “iniciativa que contribui com o desenvolvimento individual e personalizado de cada estudante, respeitando suas capacidades e processo de aprendizado”. Segundo ele, também é uma forma de transformar a educação através da tecnologia, amparando estudantes, que terão acesso a toda a informação necessária a um clique de distância.

Re Formula

A plataforma conecta professores voluntários a estudantes que buscam por uma solução alternativa e um formato de educação focada em resultados.

Há duas áreas principais: uma de conteúdo em vídeo, na qual professores dão sua aula ao vivo se comunicando com estudantes; e outra em que os professores ajudam os estudantes com as lições de casa e trabalhos. “Toda a plataforma é interativa, dando foco ao estudante, onde o método de aprendizado defendido, é o processo individual, focado em resultados de acordo com cada indivíduo” afirma Shalon.

Na ONU, o jovem expôs três dos principais objetivos defendidos pela ONU para transformar o mundo: a educação de qualidade, redução da desigualdade e parceria em objetivos comuns.

Uso da internet

Para contextualizar a importância de inserir plataformas de educação nas atividades cotidianas do jovem, o Re Formula se insere na utilização cada vez maior de celulares no uso da internet e na procura por informação. Segundo a pesquisa da TIC Kids Online divulgada em 2018, o percentual de jovens entre 9 e 17 anos que acessa a rede somente pelo telefone móvel chegou em 44%. No levantamento anterior, com dados de 2016, o índice era de 37%.3

O estudo também aponta que 85% da população nessa faixa etária utilizou a internet ao menos uma vez em três meses, um total de 24,7 milhões de crianças e adolescentes. Em movimento complementar, o uso do computador como forma de acesso à rede tem caído, de 60% na pesquisa anterior para 53% na atual. O que mostra a facilidade com que jovens tem acesso aos smartphones, aumento a utilização de aplicativos.