Do Mais Goiás

Goiás e capital decretam ponto facultativo para esta quinta (1°/4)

Medida não se aplica a órgãos e entidades públicas que exijam plantão permanente

UFG fará Plano de Mobilidade de Goiânia, que tem até 2022 para entrar em execução
Paço Municipal (Foto: Jucimar Sousa / Mais Goiás)

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, e o governador Ronaldo Caiado decretaram ponto facultativo no âmbito da administração pública na próxima quinta-feira, 1º de abril, véspera da sexta-feira santa.

De acordo com o documento que foi publicado no Diário Oficial do Município, os serviços essenciais da administração pública, que exigem o regime de plantão, como saúde, limpeza urbana que irão funcionar normalmente. 

O texto do Governo Estadual segue a mesma lógica e município e ponto facultativo não se aplica aos órgãos que, por sua natureza ou em razão do interesse público, desenvolvam atividades indispensáveis como, por exemplo, unidades de saúde, de policiamento civil e militar, de bombeiro militar, arrecadação e fiscalização.

Vapt Vupt

Na quinta-feira, as unidades do Vapt Vupt funcionam até às 13h. Já na sexta-feira santa, as agências localizadas na capital e no interior não irão abrir.