Muito ou pouco?

Goiânia registrou até 19,80mm de chuva em determinadas regiões, na sexta-feira

Defesa Civil informa que precipitações nessa quantidade são normais: alagam pontualmente, mas escoam rapidamente


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 15/02/2020 às 11:44:40

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com o Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo), Goiânia registrou cerca de 19,80mm de chuva na região central, na sexta-feira (14). Na região norte, as precipitações foram de 11,2mm (Goiânia 2), 2,8mm (Balneário Meia Ponte) e 3,0mm (Santa Genoveva). Para a Defesa Civil, as pancadas foram dentro da normalidade.

Além disso, no autódromo e Jardim Olinda, na região leste, choveu, respectivamente, 11,2mm e 0,6mm. Já região noroeste, o registro foi de 16,6mm.

A região sul não teve informada a quantidade de chuva. Porém, o viaduto do Flamboyant, no Jardim Goiás, ficou quase submerso. Confira:

Apesar da situação, os bombeiros informaram que não tiveram ocorrências de “grande monta”. Em outras palavras, apenas informações de danos menores, que não foram especificados.

Da mesma forma, o coordenador executivo da Defesa Civil, Francisco Vieira, relatou que eles não foram acionados em momento algum por conta da chuva de sexta-feira. “Teve alagamentos, mas foram pontuais”, explicou.

Segundo ele, inclusive, ao saber do viaduto do Flamboyant, na Av. H, enviou uma equipe ao local, mas quando esta chegou já estava normalizado. “Quando é mais sério chega até o teto.”

Francisco explica que as chuvas preocupantes são acima de 20mm. “25mm, 30mm”, destaca. “Ou então quando é muito concentrada em um ponto.” Em situações como a de sexta, ele relata, acontecem os alagamentos pontuais, mas estes se normalizam, graças ao sistema de drenagem, assim que a chuva acaba.

Entenda

A prefeitura do Rio de Janeiro, inclusive, traz uma tabela classificatória sobre as precipitações. Segundo ela, quando esta é de intensidade menor que 5,0 mm/h, a chuva fraca. Entre 5,0 e 25 mm/h, moderada.

Se for entre 25,1 e 50 mm/h pode ser considerada forte, enquanto a muito forte é superior 50,0 mm/h. “Pancadas de chuva” eles definem como “precipitação intensa ocorrida em curto período de tempo e espacialmente restrita”, ou seja, concentrada.