Do Mais Goiás

Volume de chuva nos 19 dias de março em Goiânia já é maior que o de janeiro

Cimehgo diz que maior parte do volume de 2021 caiu em poucos dias de temporal

Goiânia registra 256 mm de chuva em março, mas precipitação ainda é baixa
Goiânia registra 256 mm de chuva em março, mas precipitação ainda é baixa (Foto: Jucimar de Sousa | Mais Goiás)

Nos primeiros 19 dias de março. a medição do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo) detectou 256 milímetros de chuva em Goiânia. A título de comparação, em janeiro e fevereiro de 2021 o volume foi de 244 mm a 366 mm respectivamente. A informação é de André Amorim, gerente do Cimehgo.

Parte significativa deste volume caiu em poucos dias. No dia 12 de fevereiro, por exemplo, choveram 106 mm em duas horas. “Isso dá ilusão que tá chovendo muito, mas muitas delas caem de uma só vez. Não são aquelas chuvas finas que duram vários dias seguidos. Além disso, isso não beneficia os lençóis freáticos”, afirma André.

Previsão para o final de semana

A previsão destaca que o sábado (20), será marcado pelo aumento de nebulosidade sobre o Brasil Central. Segundo ele, isso favorece as condições para formação de áreas de instabilidade e, consequentemente, pancadas de chuvas isoladas em várias regiões de Goiás, que podem ser localmente fortes, acompanhadas de rajadas de ventos e raios.

A previsão são para precipitações entre 10 a 30 milímetros nas regiões de Goiás. Goiânia tem previsão de 10 mm e a temperatura varia de 20º a 35º. A umidade relativa do ar oscila em 45% a 35%.

Domingo (21) também segue os mesmos perfis meteorológico de sábado. A quantidade de chuva ganha um pouco mais de volume em todas as regiões do estado, oscilando de 15 mm a 30 mm. Goiânia terá a mesma temperatura do dia anterior.

Outono

Ainda neste sábado (20), segundo,  André, é dado início ao Outono. A estação é caracterizada pela diminuição das chuvas. Um mapa mostra que o Estado está sofrendo um bloqueio atmosférico que está estacionado no oceano. Isso faz com que as pancadas de chuva sejam de instabilidade.

Goiânia registra 256 mm de chuva em março, mas precipitação ainda é baixa

(Foto: Cimehgo)

Segundo André, os próximos 15 dias serão marcados por sistema de instabilidade na região Centro-Norte de Goiás. André destaca que abril terá precipitações irregulares, mas com totais ligeiramente abaixo da média e temperaturas dentro do aguardado. A umidade relativa do ar também estará em declínio.

Já maio marca o período de temperaturas acima da média e com início do período seco umidade relativa do ar baixas. Focos de queimadas começam a aparecer e temos a piora na qualidade do ar (poluição atmosférica com fuligem, poeira e outros elementos particulados). Junho segue o mesmo ritmo do mês anterior.