Detidos

Goiânia: Preso trio que matou suposto estuprador

A vítima supostamente vinha estuprando há mais de um ano um dos três assassinos. Ele foi morto a facadas e teve o corpo jogado às margens da BR-153


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 12/10/2018 às 18:41:53

Brunno, José e Isaque (Foto: Reprodução Facebook)
Brunno, José e Isaque (Foto: Reprodução Facebook)

A Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), realizou nesta sexta-feira (12), a apresentação dos autores de um homicídio. Brunno Eduardo Rodrigues de Macedo, 18 anos, Isaque Vinícius de Jesus Souza, 19 anos, e José Alfredo Araújo França, 18 anos, foram autuados em flagrante pela prática do homicídio de William Damasceno de Lima, 33 anos, assim como a ocultação do cadáver da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, no dia 7 de outubro, por volta de 19h30, Brunno, Isaque e José mataram William a facadas e pedradas, na Avenida Paranaguá, setor Jardim Novo Mundo, Goiânia. Eles abandonaram o corpo às margens da BR-153, sendo o cadáver encontrado somente na última quarta-feira (10). Os três confessaram o crime, e alegaram que William estava supostamente praticando abusos sexuais contra Brunno Eduardo, há mais de um ano.

Brunno confessou à Polícia que além de William abusar dele “ameaçava matar sua mãe caso não fizesse sexo com ele” e “não denunciou o caso à polícia por medo das ameaças e por vergonha”.  Sobre o ato, Brunno disse foi responsável pela morte da vítima. “Eles (Isaque e José) só imobilizaram e eu dei as facadas”, confessou.

A Polícia Civil chegou aos suspeitos após a denúncia de uma testemunha, que viu o momento do crime. A PC agora tenta confirmar se o motivo apresentado pelos três foi a verdadeira motivação do homicídio.

*Fabrício Moretti é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo