CORONAVÍRUS | CASO EXCLUÍDO

Goiana segue para o HDT ao suspeitar ter compartilhado voo com idoso infectado na Itália

Suspeita foi descartada pela Secretaria de Saúde de Goiás. Pasta afirma que a mulher não estava no mesmo avião do primeiro paciente confirmado com o novo vírus


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 27/02/2020 às 10:06:14

Paciente está internada no HDT (Foto: Divulgação)
Paciente está internada no HDT (Foto: Divulgação)

A goiana encaminhada ao Hospital de Doenças Tropicais (HDT) após declarar suposta ligação com o caso do idoso contaminado por coronavírus na Itália, não estava no mesmo voo do paciente que teve contágio confirmado. O caso, que estava sob avaliação da Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), foi excluído por não atender aos critérios de suspeição do novo vírus definidos pelo Ministério da Saúde.

A mulher, que não teve o nome e a idade revelados, procurou uma unidade de saúde, nesta quarta-feira (27) e foi encaminhada ao HDT depois de afirmar que estava no mesmo avião em que o primeiro brasileiro confirmado com coronavírus viajava.

Na unidade de saúde, ela chegou a ser isolada, mas foi liberada depois que os médicos constataram ausência de sintomas do vírus. Em razão da falta de sinais de infecção, a situação não era tratada como suspeita. Agora, o caso foi excluído do sistema de avaliação da SES, já que a pasta confirmou que a mulher não estava no referido avião.

Em nota, a Secretaria informou ainda que avalia se outros três casos encaminhados ao HDT atendem os critérios de definição de caso suspeito para Coronavírus, definidos pelo Ministério da Saúde. Detalhes dos mencionados casos, porém, não foram repassados.