Esporte

Goiana é campeã Pan-Americana de Beach Wrestling

Triunfo também rendeu à lutadora Keila Calaça uma vaga para disputar o próximo mundial da modalidade


Goiás Agora
Do Goiás Agora | Em: 10/05/2017 às 10:29:10

Keila Calaça é beneficiada pelo Pró-Esporte, programa de incentivo do Governo de Goiás. (Foto: Divulgação)
Keila Calaça é beneficiada pelo Pró-Esporte, programa de incentivo do Governo de Goiás. (Foto: Divulgação)

Foi nas areias da praia Stella Maris, em Lauro de Freitas (BA), que a goiana Keila Calaça conquistou o título do Pan-Americano de Beach Wrestling, que é uma espéciede luta olímpica na areia, na categoria acima de 70 kg. Além de ter subido ao lugar mais alto do pódio na segunda-feira (08), o triunfo também rendeu à lutadora goiana uma vaga para disputar o próximo Mundial de Beach Wrestling.

Após a disputa da Copa Brasil Internacional de luta olímpica, evento que reuniu boa parte dos principais atletas do planeta da modalidade, o Rio recebe, neste domingo,o Circuito de Luta de Praia. Variante da luta tradicional, o beach wrestling tem regras adaptadas e combates que duram apenas dois minutos

A goiana, de 33 anos, tem como objetivo principal conquistar vaga nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Ela já anda colecionando medalhas e somando pontos no ranking da categoria para chegar ao seu maior sonho. Em abril, ela venceu o Campeonato Brasileiro de Beach Wrestling, chave de acesso à recente conquista, no interior baiano.

“Digamos que, em tempos de competição, viro nômade. A mala é minha companheira. Só esse mês já estive no Rio de Janeiro, em Ubatuba (SP), São José dos Campos e, por último, no interior da Bahia. É difícil estar longe da família, mas estou feliz por correr atrás dos meus objetivos”, disse a atleta, que faz parte da seleção brasileira da modalidade.

Sobre a recente conquista do Pan-Americano de Beach Wrestling, Keila venceu a compatriota Munique Calazans na grande final. A modalidade é disputada na areia. Conforme explicou a campeã, as regras são mais simples, por não ter a tradicional parte de solo, mas o grau de dificuldade da luta é maior. “A areia é pesada, então é preciso ter mais força para fazer os movimentos. Treinamos muito duro e os resultados vieram”.

O Mundial de Beach Wrestling ainda não tem data nem local definidos. Mesmo assim, Keila diz que vai intensificar os treinamentos para chegar à competição em sua melhor forma. “Esses campeonatos são um grande incentivo. Me manter em competições internacionais e ter bons resultados já me traz experiência competitiva, e é isso que me interessa para alcançar meus objetivos”, finalizou.

Keila é beneficiada pelo Pró-Esporte, programa de incentivo do Governo de Goiás, via Secretaria de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce).