Novo time

Gilmar Rinaldi é o novo coordenador de seleções da CBF

O anúncio foi feito pelo presidente José Maria Marin


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 17/07/2014 às 12:07:06


A CBF anunciou no fim da manhã desta quinta-feira o “novo coordenador geral de todas as seleções do Brasil”. Trata-se do ex-goleiro e ex-empresário de futebol Gilmar Rinaldi. O anúncio foi feito pelo presidente José Maria Marin no confortável auditório da nova sede da entidade, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

“Essa escolha foi feita de plena harmonia entre o atual e futuro presidente da CBF”, declarou Marin. Já Gilmar tratou de, logo de cara, esclarecer que não atua mais como empresário de jogadores, o que poderia gerar um conflito de interesses. “Primeiro quero deixar claro que minha atividade, que exerci por 14 anos, já não exerço mais. Minha atividade agora será somente com a seleção brasileira”, garantiu.

“Algumas medidas (novas) serão tomadas. O treinador será escolhido em conjunto por mim e pelos presidentes Marin e Del Nero”, disse Rinaldi. “Ele irá fazer uma coisa que eu gosto: estudar, se atualizar. Vamos viajar muito, assistir treinamentos interagir com outros treinadores. Nós temos que adaptar métodos bem sucedidos do mundo todo ao nosso estilo e à nossa cultura.”

BASE

Antes do anúncio, o coordenador das categorias de base da seleção brasileira, Alexandre Gallo, fez um balanço de como a entidade vem executando os trabalhos da base desde que ele assumiu a coordenação, em fevereiro de 2013. Ele defendeu a unificação de algumas categorias.

Dentre as mudanças, Gallo sugere unir os trabalhos da sub-20 aos da seleção olímpica e mesmo da principal. A ideia é ter um treinador na base ligado diretamente ao técnico da equipe principal.

COLETIVA

Marin chegou para dar entrevista pontualmente às 11 horas nesta quinta. Ele estava acompanhado do presidente eleito da entidade, Marco Polo Del Nero, e de Alexandre Gallo. O presidente abriu a coletiva falando sobre o fim da Copa. “Os comentários (nos jornais), além dos comentários da Copa e tratando do nosso futuro, foram direcionadas principalmente aos cuidados que deveremos ter com nossas categorias de base”, disse.

Em seguida, Marin citou matéria da edição do jornal O Estado de S. Paulo desta quinta-feira, que diz que a CBF inicia agora uma reforma no futebol brasileiro. “Essa reforma vem ocorrendo há um ano e seis meses”, afirmou.