Saúde

Gêmeas siamesas seguem internadas no HMI, em estado de saúde estável

As crianças nasceram com 34 semanas, pesando juntas 3.300 quilogramas. Elas são unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado e uma membrana do coração




As gêmeas siamesas nascidas no Hospital Materno Infantil (HMI) no dia 2 de maio permanecem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da unidade. Porém, depois de terem passados semanas em estado gravíssimo, estão agora em condição estável.

As crianças nasceram com 34 semanas, pesando juntas 3.300 quilogramas. Elas são unidas pelo tórax e abdômen, compartilhando o fígado e uma membrana do coração, e estão tomando medicamentos para manter o funcionamento do coração e dos rins. Não há previsão de alta.

A mãe, Jessyca Calado Guedes, de 24 anos, natural de Goiânia, esteve internada na maternidade do hospital desde o parto, mas recebeu alta no dia 6 deste mês.

 

Tópicos