Do Mais Goiás

Garoto de 5 anos pega celular da mãe e compra R$ 225 em hambúrgueres

Mãe saiu para ir ao mercado e deixou o celular recarregando em casa

Érica Batista anunciou os hambúrgueres adquiridos pelo filho Davi, de cinco anos, nas redes sociais. (Foto: Facebook)
Érica Batista anunciou os hambúrgueres adquiridos pelo filho Davi, de cinco anos, nas redes sociais. (Foto: Facebook)

Érica Batista é dona de uma loja de doces no Rio de Janeiro. Na última segunda-feira, ela contou no Facebook uma história que, até o momento, gerou mais de 64 mil interações e 37 mil mil compartilhamentos. Ela foi ao mercado e, ao voltar para casa, descobriu que o filho de cinco anos, Davi, havia usado o telefone celular dela para comprar R$ 225 em hambúrgueres no Mc Donalds. 

“Quando eu chego do mercado, escuto uma mensagem. É simplesmente do ifood, dizendo que ‘o entregador está chegando com seu pedido’. Eu prontamente olho pra cara dele e pergunto: ‘Davi o que vc fez?’. Ele disse: ‘pedi hambúrguer pelo iFood no Mc Donalds’”, conta Érica. O valor já havia sido pago pelo cartão de crédito. 

“Ele virou pra mim e disse: ‘Mãe o entregador veio rápido porque pedi 2 vezes pra ele entregar mais rápido’. kkkkkk. Eu falei: ‘garoto, você pediu R$ 225 em hambúrgueres! E ele me falou: ‘Ué, deu caro porque o hambúrguer aumentou’. Gente, eu não bati porque, se eu pego, eu ia matar! A gente acha que essas coisas só acontecem na internet, mas não. Acontecem na vida real”, diz a mãe no post. 

Érica afirma que a quarentena tem deixado Davi “muito arteiro”. Para se desfazer do embaraço, Érica teve a ideia de anunciar os hambúrgueres nos status das redes sociais. Deu certo. “Ele, com a cara mais lavada do mundo, ainda vira pra mim e diz: ‘Mãe, agora você está me devendo, pois eu ajudei a promover seu negócio! Agora você pode vender hambúrguer também’”.