FolhaPress

Garoto de 16 anos é condenado por liderar grupo neonazista no Reino Unido

O garoto, que não teve a identidade divulgada por razões legais, admitiu ser responsável por um total de 12 crimes

inglaterra Garoto de 16 anos é condenado por liderar grupo neonazista no Reino Unido
Caderno de Paul Dunleavy, de 17 anos, um dos jovens recrutados pelo garoto de 13 anos (Foto: West Midlands Police)

Considerado o “terrorista mais jovem da Inglaterra”, um garoto de 16 anos de idade foi condenado nesta segunda-feira (8) por liderar uma célula neonazista diretamente da casa da avó dele. O menino do sudoeste do condado de Cornualha havia se declarado culpado em uma audiência na segunda-feira (1º).

O garoto, que não teve a identidade divulgada por razões legais, admitiu ser responsável por um total de 12 crimes — dois de divulgação de documentos terroristas e 10 de posse de material terrorista, de acordo com a BBC Internacional.

Segundo a Press Association, a sentença do garoto de 16 anos, emitida pelo juíz Mark Dennis, será cumprir uma ordem de reabilitação de 24 meses. O magistrado disse que o menino “adentrou um mundo online de preconceito perverso” e que qualquer reincidência levaria a uma “espiral de penas cada vez maiores de encarceramento”.

O tribunal ouviu que o menino coletou material de ódio e intolerância entre outubro de 2018 e julho de 2019. Havia instruções para a fabricação de bombas, manuais de como fazer coquetéis molotov e rifles AK47, além de como realizar combates com facas.\

O menino se tornou o líder da célula neonazista FKD (Feuerkrieg Division) em 2019, onde ele era responsável por recrutar membros e fazer propaganda do grupo. Um dos seus cinco recrutas foi um adolescente chamado Paul Dunleavy, condenado no mesmo ano por crimes de terrorismo.

Segundo o site Cornwall Live, em julho de 2019, a polícia invadiu a casa do recrutador, após denúncias de que ele estava tentando construir uma arma. O garoto tinha encomendado um pôster que trazia uma imagem de uma explosão de bomba atômica sobre o parlamento inglês com o slogan “esterilize a fossa que você chama de Londres”.