Homicídio

Garçom é morto a tiros enquanto buscava esposa no trabalho, em Goiânia

Alan Cunha da Silva tinha 25 anos e foi alvejado com três disparos de arma de fogo enquanto buscava a esposa em um restaurante que fica em um Shopping no Jardim Goiás


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 26/06/2018 às 15:33:06

Os autores estavam em uma motocicleta e fugiram após a execução. (Foto: Reprodução/ Facebook)
Os autores estavam em uma motocicleta e fugiram após a execução. (Foto: Reprodução/ Facebook)

Um garçom de 25 anos foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (25), quando buscava a esposa no trabalho no Setor Jardim Goiás, em Goiânia. De acordo com a Polícia Civil (PC), além de trabalhar em um bar, Alan Cunha da Silva, tinha um emprego informal de venda de veículos e, segundo familiares da vítima, ele recebia ameaças, mas não sabia o que poderia ter provocado o crime.

Alan Cunha tinha saído do restaurante onde trabalhava, no Setor Pedro Ludovico, por  volta de 23h30 e seguiu de carro para buscar a esposa, que trabalha em um shopping na região. De acordo com a corporação, a suspeita é que os criminosos estariam seguindo Alan desde a saída do trabalho. Ao estacionar na Alameda das Paineiras, a vítima saiu do veículo e foi buscar a mulher, durante o retorno para o carro, dois homens que estavam em uma motocicleta preta encostaram próximo ao casal e um deles efetuou três disparos contra o garçom.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas foi constada a morte do rapaz antes do transporte. A Polícia Militar (PM) isolou o local até a chegada das equipes da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) e do Instituto Médico Legal (IML).

Na região, a corporação constatou a existência de várias câmeras de segurança que podem ajudar na identificação dos autores do homicídio. As imagens foram solicitadas.

Colegas de trabalho disse que Alan trabalha no local há pouco mais de três meses, mas que demonstrou ser um bom profissional, era pontual e muito solícito.