Do Mais Goiás

Gabriel Medina derrota compatriota Filipe Toledo e fatura tricampeonato mundial de surfe

Com duas vitórias nas baterias finais, surfista confirma favoritismo e entra em seleta lista histórica da modalidade.

Foto: WSL - Nolan

Gabriel Medina segue fazendo história no surfe mundial. Nesta terça-feira (14), venceu uma decisão brasileira diante de Filipe Toledo em Lower-Trestles, na Califórnia, e confirmou o título da temporada 2021 da WSL (a Liga dos Surfistas profissionais). A vitória na última etapa veio em dose dupla, com triunfos nas duas baterias decisivas.

Campeão olímpico, Ítalo Ferreira acabou na terceira colocação da WSL em 2021. Curiosamente, na disputa de Tóquio, Gabriel Medina acabou fora do pódio e sem medalha, sendo quarto colocado.

É o terceiro título mundial de Medina, que se coloca, definitivamente, entre os maiores da história da modalidade. O brasileiro se junta a Tom Curren (EUA), Andy Irons (HAV) e Mick Fanning (AUS), com três conquistas.

Na disputa feminina, a brasileira Tatiana Weston-Webb acabou com o vice-campeonato, ao ser derrotada por Carissa Moore, do Havaí, que faturou o pentacampeonato mundial.