Nasce o 'Pocnejo'

Gabriel Felizardo, filho de Solimões, estreia como ‘sertanejo gay’

'Amor Rural' foi escrita pelo artista, que adotou o pseudônimo de Gabeu, e fala sobre homossexualidade


Estadao Conteúdo
Estadao Conteúdo
Do Estadao Conteúdo | Em: 28/05/2019 às 17:18:34

(Foto: Reprodução/YouTube)
(Foto: Reprodução/YouTube)

Gabriel Felizardo, filho do cantor sertanejo Solimões, da dupla com Rio Negro, decidiu seguir a mesma carreira do pai. Com o nome artístico Gabeu, o músico lança, nas plataformas digitais, a canção Amor Rural, em que fala sobre homossexualidade.

Internautas repercutiram a novidade no canal de Gabeu no YouTube “Nasce o ‘pocnejo’ agora”, escreveu um seguidor. “Maravilhoso! Que representatividade!”, comemorou outro.

O jovem, de 20 anos, segue um projeto LGBT dentro do ritmo tradicional, chamado “pocnejo”. A composição de Amor Rural é de Gabeu, em parceria com o namorado, Well Soares.

“Ah, já passei tanto tempo só sentindo vontade. Cada pedaço dessa roça esconde a verdade. Por dentro dessa mata não falta desejo”, diz o trecho da canção, que conta a história de dois homens que se amam no campo.

Assista ao vídeo de Amor Rural, de Gabriel Felizardo (Gabeu), filho do cantor Solimões:

Em agosto do ano passado, Solimões falou sobre a homossexualidade do filho. “Gabriel é gay assumido e, para mim, não mudou nada. Mas eu sempre falo para ele: ‘Respeita a sociedade, respeita quem não gosta também, porque você não gosta de um monte de coisa e as pessoas te respeitam’. O que não serve para mim não posso achar que os outros não têm que gostar e o que eu vivo não tenho que achar que todo mundo tem que achar que está certo”, declarou o sertanejo, que disse que sabia que Gabriel era homossexual desde a infância.

A música Amor Rural foi lançada na sexta-feira, 24, nas principais plataformas digitais, inclusive no canal de Gabriel Felizardo no YouTube.

(Foto: Reprodução/Instagram)