Frente Parlamentar de Preservação e Recuperação do Meia Ponte é aprovada

Objetivo é propor ações de fiscalização e acompanhar as políticas públicas, conferências e outras atividades para desenvolver ações para proteger e recuperar o rio


Juliana França
Do Mais Goiás | Em: 16/05/2018 às 17:59:56

(Foto: Divulgação/Semad)
(Foto: Divulgação/Semad)

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou em segunda votação, nesta quarta-feira (16), decreto legislativo de autoria do vereador Gustavo Cruvinel (PV), criando a Frente Parlamentar pela Proteção, Conservação e Recuperação do Rio Meia Ponte. Apesar disso, a Frente Parlamentar já funciona desde outubro do ano passado, quando foi aprovada em primeira votação.

O objetivo da associação é propor ações de fiscalização e acompanhar as políticas públicas, conferências, palestras e outras atividades com especialistas, visando colher subsídios para desenvolver e orientar ações para proteger e recuperar o Rio Meia Ponte. “Atualmente, dos cerca de 85 mananciais, mais de 90% possuem algum tipo de degradação, desde ocupação irregular de suas margens, até erosão, assoreamento e lançamento de esgoto”, afirmou o vereador, que preside a Comissão de Meio Ambiente da Câmara.

A Frente já realizou vistorias em áreas de poluição e se reuniu com representantes da Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma), Delegacia Estadual de Repressão à Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema) e da Companhia Saneamento de Goiás S.A (Saneago) para avaliar a situação do rio e propor melhorias.

O relatório final da Frente Parlamentar já está em processo de finalização mas ainda não há previsão para ser apresentado. Segundo Gustavo, o relatório deve conter sugestões para melhorar a preservação do Rio Meia Ponte. Além do vereador Gustavo Cruvinel, o grupo é composto pelos vereadores Paulo Magalhães (PSD), Lucas Kitão (PSL), Leia Klebia (PSC), Sabrina Garcez (PTB) e Emilson Pereira (PODE).