Segurança pública

Forças policiais fecham o cerco e tiram criminosos das ruas em todo o Estado

Ações da PM e da PC prendem suspeitos de diversos crimes, como tráfico de drogas, roubos, corrupção de menores e agressão contra mulheres




Forças policiais goianas continuam fechando o cerco contra a criminalidade em todo o Estado. Diversas operações e ações preventivas estão em andamento. Nesta quarta-feira (31/08), integração entre as polícias Civil e Militar resultou no cumprimento de cinco prisões preventivas e 14 mandados de busca e apreensão, com cinco pessoas presas em flagrante delito.

Este são os números finais da Operação Rastro 33, executada nas cidades de Aragarças, Montes Claros de Goiás e Santa Fé. No total, 60 policiais participaram das ações.

Os mandados de prisão foram cumpridos contra suspeitos de tráfico de drogas e um homicídio cometido em Palestina de Goiás. Os flagrantes foram feitos por crimes, como posse irregular de arma de fogo e munições, furto qualificado, receptação e tráfico de drogas.

Norte goiano
Em Porangatu, a Polícia Civil prendeu Marteus Martins da Silva em flagrante por tráfico de drogas e corrupção de menores. Ele já era alvo de investigações e foi detido ao comercializar cocaína na cidade. Na casa dele, os policiais encontraram um menor de idade com quem o suspeito comercializava entorpecentes. Ele portava cinco porções da mesma droga já prontas para serem comercializadas. No local, também foram encontrados mais 400 gramas de cocaína.

Sudoeste
A Polícia Militar também prendeu um homem suspeito de tráfico de drogas na zona rural de Maurilândia. José Enilton Domingos Filho, de 26 anos, foi detido em flagrante com várias porções de maconha, crack e cocaína.

Em Mineiros, a PM retirou três assaltantes das ruas. Após receber denúncia do roubo de um carro, a polícia intensificou o patrulhamento e conseguiu localizar o veículo. Os suspeitos foram presos em flagrante e reconhecidos pela vítima.

Entorno
Após denúncias de que dois jovens estariam aterrorizando os moradores do Setor Chácaras Anhanguera A, em Valparaíso de Goiás, a Polícia Militar conseguiu identificar e prender os criminosos. Com eles, foram recuperados dois veículos roubados, um simulacro de pistola e diversos produtos frutos de roubos na região.

Policiais civis de Luziânia e Novo Gama prenderam dois homens por terem agredido suas esposas. Na primeira cidade, já havia um mandado de prisão preventiva contra o suspeito pelos crimes de lesão corporal e ameaça. Em Novo Gama, a prisão foi feita em flagrante. A vítima compareceu à delegacia para denunciar o companheiro. Ela teve o braço esquerdo fraturado e exibia lesões no rosto.