Força-tarefa interdita clínica de reabilitação e resgata internos em Anápolis

Uma cadela teve as orelhas cortadas e multiladas

Uma força-tarefa interditou uma clínica de reabilitação e resgatou internos que eram mantidos em cárcere privado no local, que fica em Anápolis, a 59,3 quilômetros de Goiânia - Força-tarefa interdita casa de recuperação e resgata internos 'sequestrados' em Anápolis e
Força-tarefa interdita casa de recuperação e resgata internos em Anápolis (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Uma força-tarefa interditou uma clínica de reabilitação de usuários de drogas e resgatou internos que eram mantidos em cárcere privado no local, que fica em Anápolis. A operação aconteceu na manhã desta quinta-feira (17) e culminou na prisão dos responsáveis pela clínica. Eles foram autuados por posse ilegal de armas de fogo e munições, cárcere privado e por maus-tratos contra animais, já que muitos cachorros viviam em condições precárias no lugar.

A Polícia Civil recebeu uma denúncia de que internos eram mantidos de maneira involuntária na clínica e que possivelmente sofriam maus-tratos. Quando os policiais foram até o local, eles descobriram que a denúncia era verídica. Lá, foram apreendidos simulacros de arma de fogo, espingarda de pressão e munições. Segundo relatos, os instrumentos eram utilizados pelos monitores para ameaçarem os internos. Os civis encontraram, também, uma  cadela que foi mutilada e teve parte das orelhas cortada.

Além das prisões, o estabelecimento foi interditado pela Vigilância Sanitária, tendo suas portas fechadas ao final da ação. Os internos foram acolhidos pela assistência social do município e encaminhados para suas famílias. “A Polícia Civil destaca que a internação compulsória involuntária em clínicas de reabilitação constitui-se crime de cárcere privado. Ações como essa continuarão acontecendo no município para apuração das denúncias que chegam ao órgão”, informou os investigadores.

Participaram da força-tarefa o Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Assistência Social de Anápolis.

Interno em clínica de reabilitação faz enfermeira refém em Anápolis; leia.