Do Mais Goiás

Foragidos são recapturados após roubarem veículo de motorista do Uber no Setor Sul

Criminosos cumpriam pena na Colônia Agroindustrial e estavam foragidos desde a última semana. Carro, celulares e dinheiro foram recuperados em menos de 2h após o assalto

Dois foragidos da Justiça que assaltaram e levaram o carro de um motorista do aplicativo Uber, na tarde desta quinta-feira (26), foram recapturados por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) na Avenida Paranaíba, Setor Central. O veículo foi recuperado e os indivíduos, que afirmam ser integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), foram conduzidos à Central de Flagrantes.

Tratam-se de Mateus Carlos Morais Ferreira (21), equipado com tornozeleira eletrônica, e Wallys Pereira Carvalho (21), que estavam detidos até a semana anterior na Colônia Agroindustrial do Semiaberto, em Aparecida de Goiânia.  Lá, eles cumpriam pena por roubo, receptação, tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

Com eles estavam cinco telefones celulares – dois deles do motorista assaltado –, uma arma de fogo e uma grande quantia, ainda não contabilizada, de dinheiro. Cédulas de dólar também estavam entre os itens.  O carro, um Ford Ka, foi entregue ao proprietário. Veja foto a seguir:

(Foto: divulgação/GCM)

De acordo com o GCM Robson Santana, que participou das prisões, agentes chegaram até os criminosos após receberem uma denúncia sobre roubo de veículo no Setor Sul.

“Estávamos em patrulhamento, recebemos a denúncia, identificamos o carro com ocupantes com as mesmas características da ocorrência e efetuamos a prisão. Felizmente, tudo o que foi roubado do motorista foi recuperado. Sobre os outros celulares, aguardamos contatos de outras eventuais vítimas”.

Desespero

De acordo com o motorista (59), cuja identidade foi preservada, o assalto teve início com uma corrida. “Recebi o chamado no Setor Nova Esperança. Um deles estava em uma casa e o outro estava em uma padaria, lanchando. Com os dois no carro, partimos em direção a um condomínio no próprio bairro. Chegando lá pediram para ir para o Setor Sul”.

Em contrapartida, o condutor solicitou que os – até então – passageiros alterassem o itinerário no aplicativo, o que não deu certo. “Pedi, mas eles desconversaram, disseram que estavam com pressa e não alteraram. Ao chegarmos no endereço, em uma viela do setor, um deles me agarrou pelo pescoço e o outro pediu para não reagir, que não aconteceria nada. Daí, roubaram meu carro, dois celulares e o dinheiro que uso para dar troco”.

Quando os criminosos fugiram do local, o motorista, desesperado, foi ajudado por um casal que reside nas imediações. “Estavam com o portão aberto, me receberam, deram água com açúcar e me acalmaram. Estava muito nervoso, não conseguia lembrar a placa do carro, telefone de ninguém. Felizmente deu tudo certo e consegui recuperar tudo”.