FOGO

Fogo queimou área de 4,2 mi campos de futebol na Amazônia em agosto

Dados são do Inpe. Território queimado é mais de quatro vezes maior do que o registrado em agosto de 2018


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 04/09/2019 às 19:30:23

Satélites da Nasa mostram os focos de incêndios (Foto: Divulgação Nasa)
Satélites da Nasa mostram os focos de incêndios (Foto: Divulgação Nasa)

Os incêndios na Amazônia em agosto queimaram 29.944 km² do bioma, o equivalente a 4,2 milhões de campos de futebol, segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais). O território queimado é mais de quatro vezes maior do que o registrado em agosto de 2018, quando foram queimados 6.048 km². Ao todo, a Amazônia tem 5,5 milhões de km², sendo 4,19 milhões de km² em nove estados brasileiros.

A área medida é a maior desde 2010, quando a região sofria com uma seca intensa e teve 43.187 km² queimados.

Em média, cada foco registrado queimou uma área de de 800 m². Em 2018, essa média foi de 580 m². Em agosto deste ano, foram 30.901 focos registrados pelo Inpe. O mês de agosto respondeu por 63% do total de área queimada no bioma no ano, que já soma 43.573 km² atingidos. Apesar de ainda estarmos iniciando o nono mês do ano, o total queimado até agora neste ano já supera os 43.171 km² destruídos pelo fogo em todo 2018.

Historicamente, por característica climática, o mês de setembro é o que registra mais queimadas. Nos dois primeiros dias do ano, o Inpe já indicou 1.514 focos na Amazônia, 56% do total registrado nos primeiros dois dias do mês.