Do Mais Goiás

Fogo alcança área de sete mil campos de futebol na Chapada dos Veadeiros em uma semana

Chamas começaram no domingo (12), no Vale da Lua

Incêndio avança na Chapada dos Veadeiros e área atingida já ultrapassa o tamanho de dois campos de futebol
Incêndio avança na Chapada dos Veadeiros e área atingida já ultrapassa o tamanho de dois campos de futebol - (Foto: ICMBio/Divulgação)

Desde o dia 7 de setembro, focos de incêndio já destruíram uma área equivalente a sete mil campos de futebol na região do parque nacional da Chapada dos Veadeiros. O foco mais recente começou no Vale da Lua na manhã de domingo (12) e já atingiu a Serra do Segredo, que fica a 20km de distância. Equipes do Corpo de Bombeiros trabalham no local.

Segundo números do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), os focos de incêndio na região rios macaquinho/macacão/tocantinzinho, contabilizados de 7  a 12 de setembro dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros foram 2,04 hectares – ou seja, aproximadamente dois campos de futebol. Fora do Parque foram 3.040 hectares, aproximadamente mais de três mil campos de futebol.

Já o incêndio na região vale da lua/segredo/couros atingiu 4.574 hectares, ou seja, aproximadamente mais de quatro mil campos de futebol.

Combate ao incêndio envolve equipes dos Bombeiros e voluntários

Cerca de 60 pessoas, entre bombeiros, servidores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e brigadistas voluntários que moram na região, além de três aeronaves, trabalham para combater as chamas.

As equipes fizeram nesta segunda-feira (13), um sobrevoo para ter dimensão da área atingida e onde estão os principais focos. As equipes ainda vão se reunir para definir novas estratégias de combate.

A Polícia Civil vai instaurar uma investigação preliminar sobre esse incêndio. As causas oficiais ainda são desconhecidas.

O membro da Associação Amigos do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (AVE), Julio Itacaramby destaca que as condições climáticas são preocupantes para controle do fogo na região.

“Estamos com as piores condições climáticas para incêndios florestais, chamado “tempestade 30-30-30″, mais de 30 graus celsius, menos de 30% de umidade, e mais de 30 nós de vento”, disse.

Turistas relataram que o incêndio teve origem próximo à margem do rio

O incêndio começou no domingo, 12, no Vale da Lua, onde cerca de 100 turistas ficaram ilhados em meio a incêndio na Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso. Um turista que estava no local precisou de atendimento médico após sofrer queimadura leve em um dos pés.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, os turistas relataram que o incêndio teve origem próximo à margem do rio. Com isso, formou-se duas linhas de chamas: uma que atingiu a região do Vale da Lua e subia em sentido aos estacionamentos e outra que se alastra para uma serra.