Do Mais Goiás

Fiscalização fecha sete locais e multa 90 pessoas sem máscara, em Goiânia

Ambientes fechados promoviam aglomerações. Em dois deles havia festas clandestinas

Equipes de fiscalização pelo cumprimento do decreto sanitário de junho fecharam sete locais por ocorrência de aglomerações durante o feriado de Corpus Christi. (Foto: divulgação/Prefeitura)
Equipes de fiscalização pelo cumprimento do decreto sanitário de junho fecharam sete locais por ocorrência de aglomerações durante o feriado de Corpus Christi. (Foto: divulgação/Prefeitura)

Equipes de fiscalização pelo cumprimento do decreto sanitário de junho fecharam sete locais por ocorrência de aglomerações durante o feriado de Corpus Christi, entre a quinta-feira (3) e domingo (6). Dos espaços interditados, dois realizavam festas clandestinas, uma delas organizada por um militar do Exército. Ação fiscalizatória também multou 90 pessoas por não usarem máscara de proteção facial contra a Covid-19.

Dos sete locais fechados, dois eram espaços de festas e cinco bares e restaurantes. Em todos eles foram flagradas aglomerações no final de semana. Além deles, 18 lojas foram fechadas na capital por funcionamento fora do horário estabelecido pelo decreto nº 3.121/2021, de 1° de junho.

Entre os locais fechados no domingo (6) está um restaurante situado na Avenida Leopoldo de Bulhões, Setor Pedro Ludovico. Segundo a Prefeitura, o estabelecimento teve as atividades encerradas por provocar aglomeração de mesas e cadeiras na calçada.

Além das 90 pessoas multadas por não usarem máscara, a fiscalização multou nove estabelecimentos que funcionavam com algum tipo de irregularidade.