VIOLÊNCIA | EUA

Filho mata pai a facadas durante videochamada com 20 pessoas

Suspeito não especificou qual a motivação do crime, mas alegou que o pai teria entrado em luta com ele


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 24/05/2020 às 12:47:47

Filho mata pai esfaqueado durante videochamada com 20 pessoas (Foto: divulgação)
Filho mata pai esfaqueado durante videochamada com 20 pessoas (Foto: divulgação)

Um homem de 32 anos foi preso após matar o próprio pai a facadas durante uma videochamada na cidade de Amityville, em Long Island, no estado de Nova York, Estados Unidos. A vítima, Dwinght Powers, de 72 anos, participava de uma videoconferência quando foi atingido por Thomas Scully-Powers.

De acordo com a denúncia, o filho bateu na cabeça do pai antes de procurar a faca e atingi-lo nas costas e no pescoço. Ainda de acordo com o relatório do promotor, que foi anexado na autópsia, a vítima “quase foi decapitada.” Foram os próprios participantes da reunião chamaram a polícia. Vinte pessoas que assistiram ao crime ao vivo. ” “Este é um caso chocante e perturbador”, disse o promotor local, Timothy Sini.

No momento que os policiais chegaram no local do crime, o autor das facadas tinha fugido. Ele pulou a janela do primeiro andar, parou em uma loja onde bebeu um refrigerante e tentou limpar o sangue que estava no corpo. Porém, ele foi detido a poucos metros depois.

Na última sexta-feira (22), o suspeito foi formalmente acusado de assassinato e preso. Ele passará por uma nova audiência na próxima terça-feira (26).  “Segundo sua própria confissão, o suspeito esfaqueou brutalmente seu pai repetidamente, até ter certeza de que ele estava morto. A investigação sobre esse crime horrível continua”, ressalta o promotor.

Thomas não listou qual o motivo do crime, mas, segundo ele, o próprio pai teria entrado em luta com ele. O suspeito tem antecedentes criminais e pode pegar até 25 anos de prisão.

*Com informações do Metrópoles