Do Mais Goiás

Fernando Miguel defende pênalti e Atlético vence Corinthians na estreia da Série A

As duas equipes voltam a se enfrentar na quarta-feira (2), agora pelas oitavas de final da Copa do Brasil

Foto: Rodrigo Coca/Corinthians

O Atlético estreou muito bem na Série A. Diante do Corinthians, neste domingo (30), na Neo Química Arena, o Dragão foi preciso e venceu por 1 a 0. Zé Roberto foi o autor do gol, mas o grande destaque ficou para Fernando Miguel, que além de boas defesas, também evitou o empate do Timão com uma defesa de penalidade batida por Matheus Vital.

O triunfo dá tranquilidade para o Atlético, que soma os primeiros 3 pontos na Série A. O próximo jogo do Dragão é novamente contra o Corinthians, na Neo Química Arena, porém desta vez é pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O duelo está marcado para quarta-feira (2), às 21h30.

O Atlético não temeu o Corinthians em São Paulo e começou o jogo com as linhas ofensivas altas. O Dragão até marcou com João Paulo, mas o atacante estava em posição irregular. Após um começo melhor dos visitantes, o Timão acordou e obrigou Fernando Miguel a fazer duas boas defesas. A primeira foi com Ramiro, que bateu da direita, já a segunda foi em uma finalização de Piton, que novamente parou no goleiro atleticano.

O Dragão sentiu o bom momento do rival e recuou, mas no final da primeira etapa mostrou suas garras. Na primeira chance, Ronald bateu forte de fora da área e a bola raspou a trave do Corinthians. Já aos 43 minutos, Zé Roberto tabelou dentro da área com João Paulo e bateu de bico na saída de Cássio para abrir o marcador.

O Corinthians voltou para o segundo tempo com muita disposição ofensiva e a partida virou um ataque do Timão contra a defesa do Atlético, que não conseguia sair no contra-ataque.

Apesar da pressão, o Corinthians só conseguiu levar perigo aos 18 minutos, quando Mosquito foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Vital mandou no canto direito, mas Fernando Miguel fez a defesa, no rebote, o atacante do Timão mandou no meio do gol e novamente o arqueiro atleticano apareceu para salvar o time rubro-negro.

Os paulistas mantiveram a intensidade ofensiva e Luan chegou em duas oportunidades, uma foi para fora e a outra parou em Fernando Miguel. Apesar da posse bola, faltava criatividade para o Corinthians, que passou a usar a bola alçada na área e foi assim que o time teve a última chance, com Jô, que se adiantou a Fernando Miguel e cabeceou, mas a bola acabou indo para a linha de fundo. Com isso, o Dragão concretizou a vitória por 1 a 0.