Operações Finados

Feriado tem menos acidentes, mas cresce o número de infrações e mortes nas rodovias federais em Goiás

Vítimas fatais, contudo, subiram de uma, em 2017, para duas neste ano. Os registros de infrações também saltaram de 1883 , no ano passado, para 2486 em 2018

Cidades

Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 05/11/2018 às 10:32:39

Número de ultrapassagens a única ocorrências que teve redução (Foto: Divulgação/PRF)
Número de ultrapassagens a única ocorrências que teve redução (Foto: Divulgação/PRF)

Apesar da queda na quantidade de acidentes e feridos, o número de mortes nas rodoviais federais que cortam Goiás dobrou no feriado de Finados deste ano. Em 2018, duas pessoas pessoas morreram contra um óbito registrado no ano passado. Os dados foram apresentados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta segunda-feira (05).

Uma das vítimas era um jovem de 27 anos que morreu após ter a moto que pilotava atingida por um veículo cujo condutor estava embriagado. O caso aconteceu no neste sábado (3) na BR-364, em São Simão. Para os policiais, o condutor do carro, de 28 anos, disse que não viu o motociclista e só sentiu o impacto da batida. No mesmo dia, na BR-153, em Aparecida de Goiânia, o condutor de um veículo de passeio morreu após colidir na lateral de outro.

Moto foi atingido por condutor embriagado (Foto: Divulgação/PRF)

Ainda este ano foram registrados 16 acidentes com 19 feridos. Houve queda em relação a 2017, quando aconteceram 26 acidentes que deixaram 21 feridos. Houve também um aumento nos números de infrações neste ano, com 2486 registros contra 1883 lavrados no ano passado.

Já as pessoas que dirigiam embriagadas saltaram de 13, em 2017, para 28 este ano. Pessoas que não faziam uso do cinto de segurança passaram  de 90 para 142. Registros de uso de celular ao volante elevaram de 1 para 14 em 2018. Apesar disso, o número de ultrapassagens em lugares proibidos caiu de 190 para 75.

Um dos fatores que ajudou nos flagrantes das ocorrências foram as câmaras de seguranças que estão espalhadas em mais de 1,6 mil quilômetros de rodovias federais que cortam o Estado. Um desses flagrantes foi de alta velocidade registrado na BR-050, entre Catalão e Campo Alegre de Goiás, no último dia 2. O veículo estava a 184 km/h em um local que a velocidade máxima permitida é de 80 km/h.

Maior velocidade registrada durante o feriado (Foto: Divulgação/PRF)

Segundo o inspetor da corporação, Newton Morais, apesar dos dados, o feriado não foi considerado violento pela PRF. O ponto que chama atenção é o fato do aumento nos números de infrações. “Para tentar diminuir esses números nos próximos feriados, chamamos os condutores que estão sendo autuados para participar de uma palestra educativa para que haja uma conscientização deles”, conta.