Aplicativos

Femitaxi: serviço de transporte para mulheres chega à Goiânia

Com prioridade em segurança, as motoristas já devem começar a rodar no dia 10


Jose Abrão

Do Mais Goiás | Em: 04/08/2017 às 10:38:20


(Divulgação)
(Divulgação)

Criado originalmente em São Paulo e já funcionando também em Campinas, Rio de Janeiro e algumas outras cidades, o Femitaxi chega à Goiânia no dia 10 de agosto.

A ideia do aplicativo é simples: oferecer transporte para mulheres com motoristas mulheres, elimiando a insegurança que muitas sentem com condutores homens em outros serviços, especialmente à noite.

“Fizemos uma pesquisa de mercado, me inseri e me inteirei no serviço de transportes e percebi que Goiânia estava pronta”, contou Edivânia Lucas, licenciada do Femitaxi por aqui. De acordo com ela, foram quatro meses de preparação e agora ela está pronta para o lançamento.

O aplicativo é aberto para taxistas mulheres e para motoristas particulares no estilo Uber. Segundo Edivânia, houve interesse dos dois lados e ela já cadastrou condutoras tanto taxistas quanto particulares.

Edivânia Lucas

Mulheres interessadas em se tornarem motoristas do Femitaxi ainda podem tentar se cadastrar entrando em contato com Edivânia pelos telefones 3085-3868 e 9 8110-7433.

De acordo com a licenciada, que começou o recrutamento pelas redes sociais, o interesse foi bem maior do que ela esperava: “Apareceram muitas motoristas, elas superaram muito as minhas expectativas”, revela, e os números continuam crescendo “Já tenho 247 motoristas cadastradas, 150 delas prontas para trabalhar. Ontem (2) eu tinha cerca de 90”.

O Femitaxi funciona da mesma forma que os demais serviços do gênero, como Uber ou o 99: a passageira se cadastra e pode realizar pagamentos com cartão de crédito ou em dinheiro.

As passageiras interessadas já podem baixar o aplicativo tanto para iOS quanto Android.