Estágio

Feira do estudante começa nessa quarta-feira

Jovens podem se candidatar a duas mil vagas de estágio e 500 de aprendizagem. Expectativa é receber cerca de 23 mil pessoas durante os dois dias de evento


Thais Lobo
Do Mais Goiás | Em: 14/02/2017 às 10:18:10

Expectativa é receber cerca de 23 mil pessoas durante os dois dias de evento. (Foto: Reprodução)
Expectativa é receber cerca de 23 mil pessoas durante os dois dias de evento. (Foto: Reprodução)

A 2ª Feira do Estudante – Expo Ciee Goiás 2017 – iniciativa do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) com o apoio do Governo de Goiás – está com inscrições abertas. A mostra será nesta quarta e quinta-feiras, dias 15 e 16, no Centro de Convenções de Goiânia – Pavilhão Azul. Os estudantes que quiserem participar podem fazer a inscrição gratuita pelo site www.ciee.org.br/expociee.

Os jovens podem se candidatar a duas mil vagas de estágio e 500 de aprendizagem. Além disso, visitarão estandes de escolas e empresas com informações exclusivas, participarão de 40 palestras e apresentações musicais e culturais. A expectativa é receber cerca de 23 mil pessoas durante os dois dias.

A diretora do Programa Bolsa Universitária, Kelen Belucci, destaca a importância da parceria. “A feira vem aumentar o alcance das ações destas organizações, que têm como um dos principais objetivos o desenvolvimento do jovem de vulnerabilidade socioeconômica. A intenção é oferecer aos estudantes a oportunidade de obter informações sobre os cursos superiores e faculdades que podem ingressar, quais habilidades e competências necessárias para o sucesso profissional, além de proporcionar a inserção dos universitários no ambiente profissional através do estágio ou do programa de aprendizagem”, avalia a diretora. A participação na feira vale hora na contrapartida devida aos beneficiários da Bolsa Universitária.

Esse é um dos objetivos da estudante do 7º período de Direito, Fernanda Soares, 24 anos, que já se inscreveu para participar da feira. “Além de dar minha contrapartida a Bolsa que recebo, estou certa de que conseguirei um estágio porque serão muitas as oportunidades no evento”, acredita. Ela elogia a iniciativa da OVG que está em sua segunda edição. “Tenho certeza que vamos ganhar muito conhecimento, socializar e até aprender juridicamente”. Fernanda recebe a Bolsa Universitária desde o 3º período, quando segundo ela, seria inevitável abandonar de vez os estudos por não conseguir arcar com as despesas do curso.

“Ao criar a Bolsa Universitária, o governador Marconi Perillo, modificou não só a minha vida, mas também a de milhares de outros estudantes que como eu, não teriam a mínima chance de fazer um curso superior, sem uma ajuda como essa”, atesta