Fazendo a Diferença conta história de Wanessa Moraes, empresária do ramo da estética

Wanessa Moraes da Mata, de 35 anos, é dona de três lojas em Goiânia

A empresária Wanessa Moraes da Mata tem uma história de encher os olhos: ela nasceu em uma família de origem humilde em Goiânia, começou a trabalhar na infância e hoje é dona de um estúdio de beleza, de um instituto que dá cursos para profissionais de estética e de uma loja de produtos cosméticos. Aos 35 anos e bem-sucedida, Wanessa é um exemplo a ser seguido. É a história dela que o Mais Goiás conta na mais recente edição do projeto ‘Fazendo a Diferença’.

Wanessa ingressou no mercado de trabalho aos 12 anos porque a família vivia em condições precárias. “Nós somos uma família com quatro filhos. Meu pai é motorista e minha mãe auxiliar de serviços gerais. Foi um lar com muito amor, mas começou com muitas dificuldades financeiras”, conta Wanessa com os olhos cheios de lágrimas.

Empresária do ramo da beleza: primeiros passos

O primeiro emprego foi de manicure. A mãe comprou um alicate e vidros de esmaltes para que treinasse nas suas próprias unhas. “Foi ficando bonito. Ela e minha irmã gostaram e eu comecei a fazer as [unhas] delas. As vizinhas também perguntaram se eu poderia fazer as delas. Foi então que eu passei a atender a vizinhança”.

Embora fosse uma manicure habilidosa, Wanessa Moraes também dedicou tempo aos ofícios de vendedora e feirante para sobreviver. Trabalhou duro para conseguir pagar a faculdade de fisioterapia.

Ocorre que, embora estivesse com o diploma em mãos, Wanessa continuou a trabalhar na área que lhe interessava mais: a estética. Especializou-se no ramo e depois formou-se professora. As suas primeiras alunas eram as clientes, que o tempo todo pediam-na que ensinasse como aplicar cílios com tanta precisão.

Wanessa Moraes quebra barreiras no exterior

A empresária extrapolou as fronteiras de Goiás para ministrar cursos no Tocantins, Mato Grosso e em outros estados do Brasil. O grande salto chegou no momento em que ela se viu em frente a uma turma de alunos em Paris – todos a postos para escutá-la. “Quando eu me vi ministrando cursos fora do País, eu fiquei com sentimento de que eu dei o meu melhor. Mesmo com pouco recurso, eu corri, eu acreditei, eu sonhei e deu certo”.

O sonho de Wanessa Moraes cresceu e hoje não é mais só dela, mas das dezenas de colaboradoras que ela emprega no instituto, no estúdio e na loja, que fica em Goiânia. Meninas que hoje são como ela foi um dia: ambiciosas, trabalhadoras e prontas para fazer acontecer.