Fazendeiro acusa prefeito de Turvânia de realizar obras em estrada de outro município

A discussão envolve estradas que têm passado por obras e, segundo ele, não fazem parte do município de Turvânia, mas sim de Palmeiras de Goiás


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 26/02/2019 às 18:53:55

O prefeito de Turvânia, Fausto Mariano (MDB), à esquerda. E o fazendeiro Laerson Zica de Oliveira, à direita
O prefeito de Turvânia, Fausto Mariano (MDB), à esquerda. E o fazendeiro Laerson Zica de Oliveira, à direita

O fazendeiro Laerson Zica de Oliveira acusou o prefeito de Turvânia, Fausto Mariano (MDB), de realizar obras em estradas que fariam parte do município de Palmeiras de Goiás. Há algumas semanas, o emedebista gravou vídeo em que acusava o fazendeiro de fechar as galerias de escoamento da água da chuva em uma estrada que fica aos fundos da fazenda Olho d’Água.

“Essa água vai sair daqui. O senhor não vai mais fechar as galerias dessa estrada não Quando eu estiver abrindo as galerias, o senhor vem e me xinga igual fez com funcionários da prefeitura”, disse o prefeito em vídeo que viralizou na internet. Nas redes sociais, Fausto garantiu que as obras teriam início após o período chuvoso e que a estrada em questão seria modelo de qualidade.

O fazendeiro rebate: ele aponta uma série irregularidades. A obra da Prefeitura “deixou um rastro de destruição. Atoleiros que estão levando terras para dentro de córregos da região”, afirma. Outra acusação é de que a retirada de cascalhos, de terra, e a arrancada de árvores também seria irregular. Arames que faziam parte de cercas da propriedade rural teriam sido arrebentados e valas abertas “sem conhecimento técnico, o que trouxe risco de erosão”.

No vídeo publicado por Laerson nas redes sociais ele afirmou que, antes das obras, a água da chuva escorria para dentro da propriedade rural dele “sem causar danos ao meio ambiente e à plantação”. Com a suposta retirada de terra, o nível da estrada teria abaixado, o que prejudicou o escoamento.

O Mais Goiás entrou em contato com Fausto Mariano e com a Secretaria de Obras, Transporte e Ação Urbana de Turvânia para entender a realidade das obras, mas as ligações não foram atendidas.

Danos Morais

Laerson ainda entrou com um processo contra o prefeito Fausto Mariano (MDB) por danos morais. Em nota, a defesa do fazendeiro contesta e desaprova veementemente todas as acusações. “Não tem ninguém melhor do que eu, que tem mais interesse nessa estrada. Daqui também sai a produção da nossa fazenda”, disse ele em vídeo publicado nas redes sociais.