Do Mais Goiás

Famosos se pronunciam sobre festa em Hidrolândia durante pandemia

Festa em questão aconteceu no último sábado (24) e foi encerrada pela fiscalização da prefeitura da cidade

Famosos se pronunciam sobre festa em Hidrolândia durante pandemia
(Fotos: Reprodução/Instagram)

Um assunto que está dando o que falar nas redes sociais é a festa clandestina em Hidrolândia, que aconteceu no último sábado (24), que foi encerrada por uma equipe de fiscalização da prefeitura da cidade. Além de acontecer durante a pandemia, a festa chamou atenção por ter famosos entre os convidados.

Cerca de 60 pessoas teriam estado no local, entre elas o ator Henri Castelli, a ex-BBB Nati Casassola e a DJ Tati Junqueira.

Ao Mais Goiás, o coordenador de fiscalização, Gabriel Yoshiak, informou que o síndico do local acionou a fiscalização devido à grande quantidade de pessoas que havia adentrado o local – conforme a lista, cerca de 60.

No entanto, conforme o coordenador, a informação sobre a presença da fiscalização teria chegado antes da equipe, uma vez que os presentes já se dispersavam quando os fiscais chegaram na chácara.

A equipe encerrou a festa e deu advertências verbais e por escrito aos participantes que ainda estavam lá.

A assessoria do dono do local divulgou nota de esclarecimento sobre a presença no evento, dizendo que as notícias “não são verídicas”. “As informações que circulam dão conta de que 60 pessoas estavam no local, quando na verdade apenas oito estavam no encontro”, afirma a nota.

“A chácara foi usada para que os artistas pernoitassem enquanto realizavam trabalhos publicitários na capital goiana. Todas as oito pessoas que estavam na chácara realizaram testes da Covid-19 antes de realizarem os trabalhos e antes de se encontrarem na propriedade. Além disso, foi feita medição de temperatura e investigado qualquer outro tipo de sintoma da doença. Com a negativa de todos os casos, foi possível realizar o encontro e os trabalhos para os quais os artistas foram contratados”, continuou.

“Reforçamos que as imagens divulgadas foram usadas fora do contexto real do momento. Entendemos e respeitamos o momento crítico que vivemos em decorrência da pandemia da Covid-19 e ressaltamos que jamais colocaríamos a vida de outras pessoas em risco”, finalizou a equipe de Henri.

Nati Casassola também se pronunciou sobre o assunto. A modelo e empresária disse, através dos stories do Instagram, que esteve na chácara na parte da tarde e que passou por lá enquanto ia de Uberlândia, cidade onde mora, para Goiânia.

“Eu passei, sim, na chácara do Rafa Eduardo, que é um grande amigo meu e fazia mais de cinco anos que eu não via ele. (…) Passei lá, sim, para dar um beijo no meu amigo a tarde. Não tinha quase ninguém”, começou, pontuando que estava acompanhada pelo marido.

“Acho que isso não é nada de errado. A tarde tinha quatro ou cinco pessoas, bem de boa. Então é uma acusação muito séria. As vezes julgaram a gente e botaram a gente num meio onde não tem necessidade” explicou Casassola, que estava indo a Goiânia para divulgar sua marca de roupas.

Ela também explicou que tanto o dono da casa, o produtor de eventos Rafa Eduardo, quanto ela e o marido testaram negativo para Covid-19. “A gente não está sendo maluco de colocar a vida nossa ou de alguém em risco. A gente está com os testes tudo (sic) em dia”, afirmou.

Até a conclusão desta matéria a DJ Tati Junqueira não se pronunciou sobre o assunto via redes sociais. Porém o espaço segue aberto para esclarecimentos.