Mistério

Familiares procuram por motorista da Uber que desapareceu após levar passageiro em Anápolis

Wanderson Nascimento saiu da casa da namorada e disse que levaria um passageiro até Anápolis. Depois disso, ele não deu mais notícias


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 16/10/2018 às 14:31:03

O caso é investigado pela Polícia Civil
(Foto: Reprodução/ Facebook)
O caso é investigado pela Polícia Civil (Foto: Reprodução/ Facebook)

O motorista da Uber, Wanderson Nascimento Cavalcante, 28 anos, está desaparecido desde a tarde desta segunda-feira (15). De acordo com a namorada do motorista, Brunna Morena, o rapaz saiu por volta de 14 horas da casa dela e foi até Anápolis onde deixaria um passageiro e desde então não deu mais notícias.

Wenderson Nascimento estava em um veículo HB-20, cor chumbo, com placas de Belo Horizonte. O carro é alugado e não possui rastreador. Familiares foram até a central da Uber em Goiânia e solicitou o histórico de corridas do motoristas, e aguarda o posicionamento.

“Por volta de 14 horas ele saiu da minha casa no Jardim Mariliza e disse que iria passar em um banco, onde pagaria um boleto e, posteriormente, pegaria um passageiro para levá-lo até a cidade de Anápolis. Às 16h34 ele me mandou uma mensagem no WhatsApp dizendo que estava em Anápolis, quando eu respondi ele não recebeu mais as mensagens. Agora a gente liga e só cai na caixa. Estamos sem notícias”, explica a namorada.

Segundo Brunna Morena, o namorado era acostumado a realizar corridas fora do aplicativo, no entanto, não sabe confirmar se a viagem que fez até Anápolis foi por meio da Uber. Entretanto, a empresa informou que na data do desaparecimento, Wanderson não fez nenhuma viagem pelo aplicativo, somente viagens particulares combinadas por WhatsApp.

O desaparecimento foi registrado na 8º Delegacia de Polícia, no Setor Pedro  Ludovico. Familiares e amigos estão mobilizados nas redes sociais e já foram até em hospitais em busca de notícias. Durante entrevista para o Mais Goiás, a namorada do rapaz estava em Anápolis, onde procurava por hospitais e delegacias.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o caso é investigado para saber se de fato o motorista chegou até o destino, ou se de lá atendeu outra viagem. O motorista não possuí antecedentes criminais.

“Nós estamos desesperados sem notícias. A gente fica angustiado sem saber o que aconteceu. Quem tiver alguma novidade, entre em contato com a família pelo telefone (62)98499-6888”