Todos pelo Kaká

Família goiana precisa arrecadar R$ 250 mil para menino fazer cirurgia nos EUA

Carlos Eduardo Capucho Maia, de 9 anos, teve paralisia cerebral. Um procedimento nos Estados Unidos pode melhorar sua qualidade de vida


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 08/03/2017 às 17:32:44

Carlos Eduardo Capucho Maia tem paralisia cerebral e precisa arrecadar 250 mil reais para fazer cirurgia nos EUA (Foto: Arquivo Pessoal)
Carlos Eduardo Capucho Maia tem paralisia cerebral e precisa arrecadar 250 mil reais para fazer cirurgia nos EUA (Foto: Arquivo Pessoal)

Uma cirurgia que custa R$ 250 mil e é realizada no Estados Unidos pode dar qualidade de vida ao pequeno Carlos Eduardo Capucho Maia, de 9 anos, mais conhecido como Kaká. Ele e os pais, a dona de casa Gabriela Jomara Lopes Capucho, de 34 anos, e o gerente comercial Luciano Carlos Martins Maia, de 36 anos, moram no Bairro Goiá, em Goiânia.

Kaká nasceu após 38 semanas de gestação e pesando 2,890 kg, no Hospital da Mulher. Depois de um parto complicado, o menino ainda teve parada cardiorrespiratória. Por isso, ele ficou mais de 30 dias internado na UTI. Quando completou seis meses, os médicos descobriram que Kaká tinha paralisia cerebral e que ficou com sequelas principalmente nos braços e nas pernas.

Gabriela conta que, apesar das limitações físicas, Kaká é um menino extremamente inteligente, que já está no 4º ano do Ensino Fundamental. Por causa dos cuidados que o filho precisa, Gabriela parou de trabalhar logo após o nascimento dele.

“A cirurgia é para ajudá-lo a andar sozinho=. É para ele ser mais independente. Com o tempo, o músculo da perna dele pode atrofiar”, explica Gabriela. A confirmação da cirurgia Rizotomia Dorsal Seletiva com Dr. T.S Park nos EUA chegou na última sexta-feira (3).

No domingo, familiares e amigos da criança iniciaram a campanha “Todos Pelo Kaká”, que visa arrecadar o dinheiro necessário para pagar a cirurgia do menino. “Não temos condições de pagar esse valor. Mas eu tenho certeza que existem muitas pessoas generosas que podem nos ajudar a dar mais qualidade de vida ao nosso filho”, diz a mãe.

Segue o número das contas em que podem ser feitas as doações:

Banco Itaú AG: 6987 C/C 03542-2.
Caixa Econômica AG:013 op.23 C.00000475-8.
Banco do Brasil AG:3482-7 C/C:39060-7.
Todas em nome de Luciano Carlos Martins Maia