ESPANCAMENTO

Família denuncia que jovem foi agredido por PMs, em Goiânia

Esposa e mãe do jovem afirma que policiais militares "a impediram de pedir ajuda para o esposo". Vítima está internada em estado grave na UTI


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 11/08/2019 às 16:54:48

Vítima esta internado na UTI (Foto: Arquivo pessoal)
Vítima esta internado na UTI (Foto: Arquivo pessoal)

A família do jovem Marcos Antônio da Rocha Cesário Araújo, de 18 anos, denuncia ele foi agredido por dois PMs na frente da esposa e dos filhos. A agressão teria acontecido no dia 3 de agosto, na casa dele, no Condomínio das Esmeraldas.

Michele da Rocha Cesário Araújo, mãe de Marcos, contou que ele tinha alugado a casa dois dias antes do ocorrido. Segundo ela, os policiais militares aguardaram Marcos chegar em casa, o algemaram, levaram até um quarto e o espancaram. O jovem está internado na UTI do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

No dia 6 de agosto, a esposa de Marcos registrou uma reclamação na Corregedoria da Polícia Militar. No documento, a mulher afirma que os policiais “a impediram de pedir ajuda para o esposo” e que, após agredirem Marcos, os agentes deixaram a residência.

A Polícia Militar divulgou uma nota. Confira na íntegra:

“A Assessoria de Comunicação da Polícia Militar informa que a Corregedoria já instaurou procedimento para apurar o fato denunciado e tomará todas as providências legais cabíveis para identificar os responsáveis”.

O Mais Goiás entrou em contato com o Hospital de Urgências de Goiânia solicitando informações sobre o estado de saúde do paciente, mas até o fechamento desta matéria não obteve retorno.