Rayana Caetano
Do Mais Goiás

Família de Tom Veiga quer exumação do corpo por suspeita de envenenamento

Tom Veiga foi encontrado morto dia 1º de novembro de 2020, aos 47 anos

Família de Tom Veiga quer exumação do corpo por suspeita de envenenamento
Família de Tom Veiga quer exumação do corpo por suspeita de envenenamento

A família de Tom Veiga, eternamente conhecido como intérprete de Louro José, quer exumar o corpo do ator, morto em novembro do ano passado. O motivo? A suspeita de que ele fora envenenado.

Conforme informações do colunista Léo Dias, do Metrópoles, a ex-esposa de Veiga, Cybelle Hermínio da Costa Veiga, conseguiu que o artista a incluísse no testamento, dando direito a uma pensão de R$ 18 mil por um ano.

Ainda segundo o jornalista, Tom teria tentado tirar Cybelle do testamento 20 dias antes de falecer.

De acordo com uma matéria publicada pelo jornal Extra, Tom pediu a um amigo para que o acompanhasse até um cartório para testemunhar alguma mudança no testamento, isso três dias antes de falecer.  “Pode ir lá comigo para cancelar essa bos*a?”, teria dito ao amigo, referindo-se à retirada do nome de Cybelle.

Ainda segundo o jornal, os filhos Tom estão movendo uma ação cível para provar judicialmente que a ex não é herdeira. No testamento, entretanto, consta 50% dos bens devem ser divididos entre os quatro filhos Diego, Amanda, Adrian e Alissa, e os outros 50% vão para Cybelle, com quem Veiga foi casado por oito meses.

Outras duas ações também estão em movimento. Uma para que a filha Amanda seja a inventariante e outra para que Cybelle tenha o mesmo direito.

Tom Veiga foi encontrado morto dia 1º de novembro de 2020, aos 47 anos, e o laudo do IML apontou aneurisma seguido de um AVC como causa da morte.