Acusações

Família de João de Deus vai solicitar informações sobre supostas vítimas ao MP-GO

Advogado do médium afirma que menos de 7% apresentaram elementos que ensejaram denúncias


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 25/08/2019 às 16:16:10

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ofereceu, na manhã desta segunda-feira (2), mais uma denúncia com quatro novas vítimas do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, por estupro de vulnerável. (Foto: SSP-GO)
O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ofereceu, na manhã desta segunda-feira (2), mais uma denúncia com quatro novas vítimas do médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, por estupro de vulnerável. (Foto: SSP-GO)

A família de João de Deus irá solicitar judicialmente informações e documentos sobre as supostas 600 vítimas do médium. A informação foi confirmada pela defesa do acusado, que irá fazer o pedido ao Ministério Público de Goiás (MP-GO) na próxima terça-feira (27).

De acordo com o advogado Anderson Van Gualberto de Mendonça, o motivo da solicitação é o fato de apenas 42 pessoas foram utilizadas pelo MP-GO para a apresentação das denúncias. “Até o momento menos de 7% apresentaram elementos que ensejaram denúncias”, disse o advogado de defesa.

Anderson disse também que já se passou muito tempo desde que o órgão começou a receber os depoimentos das supostas vítimas de João de Deus. “Somando, já se passou quase um ano e as vítimas não apareceram ou se aparecerem não foram apresentadas”.

João de Deus está preso desde 16 dezembro de 2018. Ele sempre negou que tivesse abusado sexualmente de mulheres e adolescentes que o procuravam na Casa Dom Inácio de Loyola para atendimentos espirituais.

Ao todo, o Ministério Público de Goiás ofereceu 11 denúncias contra João de Deus, sendo nove por crimes sexuais.