Falta de combustíveis deve continuar afetando Capital e cidades do interior, aponta Sindiposto

Levantamento atualizado deverá ser divulgado na tarde deste domingo (27). Etanol continua faltando na maior parte dos postos de Goiânia


Hugo Oliveira
Do Mais Goiás | Em: 27/05/2018 às 12:50:45

Lista com quantidade de postos sem combustíveis deverá ser divulgada nesta tarde (Foto: reprodução/Mais Goiás)
Lista com quantidade de postos sem combustíveis deverá ser divulgada nesta tarde (Foto: reprodução/Mais Goiás)

A falta de combustíveis nos postos de Goiânia deve persistir neste domingo (27) em razão dos bloqueios promovidos pela greve dos caminhoneiros. A informação é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo no Estado de Goiás (Sindiposto), Márcio Andrade.

Um novo levantamento deve ser apresentado nesta tarde, mas a expectativa é de que a situação apresente números similares ao de sábado (26), quando 60% dos postos sinalizavam carência de etanol e alguns outros não possuía nenhum dos tipos de combustível.

A entidade ressalta que com os bloqueios promovidos pela greve dos Caminhoneiros e o fechamento da base de Senador Canedo desde o feriado, a situação se agravou principalmente no interior. A estimativa é de que 70% dos postos interioranos estejam sem algum dos tipos de combustível.

“Estamos providenciando atualização dos números, mas, por percepção, de ontem para hoje não mudou muita coisa. O acesso a etanol está complicado, embora seja difícil encontrar um posto totalmente seco na Capital. No interior, a situação é mais grave porque os caminhões não chegam”, revela.