Confusão na web

Falso vídeo de Lula apoiando “Marina” irrita cúpula do PT

Ex-presidente faz campanha para a candidata ao Senado Marina Sant’anna, do PT de Goiás, mas montagem dá a entender que o apoio foi gravado para a presidenciável Marina Silva, do PSB




//
//

“Eu conheço a Marina há mais de 30 anos, por isso tenho certeza de que ela é hoje a candidata mais preparada para ajudar a combater as desigualdades sociais”, diz o ex-presidente Lula em um vídeo que se espalhou nas redes sociais nesta quarta-feira e provocou a ira de petistas.

O vídeo é verdadeiro, mas foi gravado para a campanha de Marina Sant´Anna, candidata do PT ao Senado em Goiás. O nome do estado, aliás, é a pista para descobrir a fraude: ele aparece nas legendas, mas foi cortado da fala de Lula.

Publicada na internet, a montagem chegou ao comando das campanhas e irritou o PT, que tem na figura do ex-presidente seu maior cabo eleitoral. O PT pediu que o portal Youtube retire o vídeo do ar e vai recorrer à Justiça Eleitoral.

O PT reconhece que não há indício de que a montagem foi feita pela equipe de Marina Silva ou por algum integrante do PSB. Mas o partido viu no episódio a oportunidade de provocar um fato político com potencial para atingir, ao menos parcialmente, a candidata do PSB.

A MONTAGEM

A candidata Marina Sant’Anna emitiu uma nota oficial no final da tarde desta quinta-faira (28/08) falando sobre o uso indevido do vídeo. Ela esclarece “que a fraude foi realizada porque atualmente o ex-presidente Lula é a pessoa que mais influencia os votos dos brasileiros”.

“Para que essa armadilha montada para ludibriar e iludir o eleitorado seja desfeita, o departamento jurídico do PT nacional já pediu a retirada do vídeo da internet e entrará com ação na justiça eleitoral”, diz a nota da candidata.

Veja o vídeo oficial da candidata

(Com a Veja)