Do Mais Goiás

Falso policial mente que prendeu sobrinho de idosa e exige R$ 8 mil para soltá-lo

Idosa denunciou o crime quando descobriu que o sobrinho noticiou que nunca havia sido preso

Preso suspeito de mentir que era policial e extorquir uma idosa dizendo que havia prendido o sobrinho dela e cobrando R$ 8 mil para soltá-lo
Idosa denunciou o crime quando descobriu que o sobrinho noticiou que nunca havia sido preso (Foto: Reprodução/FreePik)

A Polícia Civil prendeu em flagrante, na última segunda-feira (7), um homem suspeito de mentir que era policial para extorquir uma idosa de 72 anos, em Goiânia. Segundo a corporação, o investigado entrou em contato com a vítima por telefone e mentiu dizendo que havia prendido o sobrinho dela com uma arma de fogo ilegal e cobrou R$ 8 mil para que o familiar não ficasse detido.

De acordo com a investigação, a idosa foi até a delegacia quando descobriu que o sobrinho, que supostamente havia sido preso, noticiou que isso nunca havia acontecido.

“A idosa, temendo que o sobrinho sofresse algum mal, realizou a transferência de R$ 4,5 mil, único dinheiro que possuía no momento. Entretanto, logo após realizar a transferência, a vítima descobriu que o familiar não havia sido preso”, detalhou o delegado Paulo Ludovico Evangelista, responsável pelo caso.

Com as informações dadas pela vítima, os policiais conseguiram localizar um homem, que é suspeito de integrar uma associação criminosa e responsável por receber a transferência bancária.

Com a prisão efetuada, a mulher teve o dinheiro recuperado. Agora, o suspeito ficará à disposição da Justiça e poderá ser condenado em até 10 anos de reclusão. As investigações prosseguirão para identificação de outros possíveis envolvidos no crime.