APARECIDA DE GOIÂNIA

Fábricas de cosméticos são interditadas por produção irregular de álcool em gel

Ação também resultou na apreensão de cerca de 30 litros do produto que era fabricado sem atender exigências sanitárias


Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 23/04/2020 às 10:52:00

Duas fábricas de cosméticos e saneantes foram interditadas por suspeita de produção irregular de álcool em gel em Aparecida de Goiânia. (Foto: divulgação/PC)
Duas fábricas de cosméticos e saneantes foram interditadas por suspeita de produção irregular de álcool em gel em Aparecida de Goiânia. (Foto: divulgação/PC)

Duas fábricas de cosméticos e saneantes foram interditadas por suspeita de produção irregular de álcool em gel em Aparecida de Goiânia. Caso ocorreu na tarde desta quarta-feira (22) e resultou na apreensão de cerca de 30 litros do produto.

A interdição administrativa aconteceu após vistoria de policiais da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Consumidor (Decon) e servidores da Vigilância Sanitária do município aos estabelecimentos localizados na região do Jardim Bonança, na região Metropolitana da capital.

Durante a vistoria, agentes da Polícia Técnico-Científica realizaram perícia no local, o que resultou na apreensão. Produtos, segundo peritos, não atendem exigências sanitárias.

O dono de uma das empresas e um colaborador de outro estabelecimento foram levados à Decon e foram liberados após prestarem depoimento. Os proprietários dos locais devem responder pelo crime de adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, cuja pena pode variar entre 10 e 15 anos de reclusão, além de multa.

(Foto: Divulgação/PC)

(Foto: Divulgação/PC)

(Foto: Divulgação/PC)