FolhaPress

Fabricante promete cerveja grátis se Biden cumprir meta de vacinação

Anheuser-Buschm, do grupo AB InBev, disse que todos os americanos com mais de 21 anos terão direito a uma bebida

Fabricante promete cerveja grátis se Biden cumprir meta de vacinação (Foto: Reprodução)
Fabricante promete cerveja grátis se Biden cumprir meta de vacinação (Foto: Reprodução)

A Anheuser-Busch, fabricante da cerveja Budweiser, prometeu cerveja de graça para os americanos se os Estados Unidos conseguirem cumprir a meta do presidente Joe Biden: vacinar pelos menos 70% dos adultos, com no mínimo a primeira dose da vacina contra a Covid-19, até o dia 4 de julho.

A americana Anheuser-Busch faz parte da AB InBev, maior fabricante mundial de cervejas, com sede em Leuven, na Bélgica. O grupo cervejeiro tem entre os acionistas os brasileiros Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Telles.

Anheuser-Busch anunciou que se uniu à Casa Branca em uma campanha nacional para incentivar a vacinação, que caiu a um nível diário que pode ameaçar o cumprimento da meta proposta pelo presidente.

Há uma mobilização nos EUA para incentivar a vacinação, com apoio de empresas de vários segmentos.

Se os Estados Unidos atingirem a meta proposta por Biden, a Anheuser-Busch disse que todos os americanos com idade superior a 21 anos, o limite legal para o consumo de álcool, terão direito a uma cerveja, seltzer ou bebida não alcoólica grátis.

Basta postar uma foto que mostre a pessoa em “seu lugar predileto para tomar uma cerveja”, A empresa descreveu a campanha como “a maior doação de cerveja da história”.

Até terça-feira (1º), 62,8% dos adultos americanos tinham recebido ao menos uma dose da vacina para a Covid-19, de acordo com os dados mais recentes do CDC, Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

Nesta semana, a Califórnia se tornou o 12º estado americano no qual 70% dos adultos receberam pelo menos uma dose da vacina. Mas o ritmo de vacinação diminuiu.

Na semana encerrada em 27 de maio, o número diário médio de vacinados caiu a 1,2 milhão —marca mais baixa em quatro meses—, e 64% abaixo do pico registrado na metade de abril, de acordo com números do CDC.

Mais especificamente, os Estados Unidos precisam ministrar 511.491 primeiras doses de vacina a adultos a cada dia, daqui até o dia 4 de julho, para atingir a meta de 70%, de acordo com uma análise do Financial Times feita sobre dados do órgão.

A agência de saúde pública disse que o país vinha mantendo uma média de quase 555 mil vacinados ao dia na semana encerrada em 28 de maio.

OUTRAS PARCERIAS

A Casa Branca havia anunciado anteriormente parcerias com a Uber e Lyft a fim de oferecer transporte gratuito, em corridas de até US$ 25 (R$ 127,8), para pessoas que necessitassem de uma carona até os locais de vacinação.