Cidades

Fábrica da Kraft Heinz em Nerópolis abre vagas de trabalho

A planta deve entrar em funcionamento em abril de 2018 e aumentará a capacidade atual de produção em 50%


Thiago Burigato

Do Mais Goiás | Em: 15/08/2017 às 10:42:31


(Foto: Divulgação/Heinz)
(Foto: Divulgação/Heinz)

A Kraft Heinz Brasil está com vagas de trabalho abertas para ampliar a produção. A companhia anunciou recentemente a construção de uma nova fábrica na cidade de Nerópolis, em Goiás. A planta deve entrar em funcionamento em abril de 2018 e aumentará a capacidade atual de produção em 50%.

A nova unidade deve gerar cerca de 500 novos empregos e a previsão é de que outros 600 postos de trabalho sejam ocupados durante a construção. Para facilitar a comunicação de parceiros comerciais e interessados em se candidatar a postos de emprego na nova fábrica, a companhia criou um e-mail exclusivo. Interessados podem enviar mensagens para o endereço eletrônico [email protected].

O protocolo de intenções para a construção da nova unidade foi assinado entre o governador Marconi Perillo e diretores da Kraft Heinz Brasil no último dia 30 de maio, com investimento total estabelecido de R$ 380 milhões e geração de 500 empregos. A unidade vai começar a funcionar em abril de 2018 e é a primeira a ser inaugurada no mundo desde a fusão da Kraft com a Heinz. Só na construção da nova planta industrial serão gerados 600 empregos.

Quando ficar pronta, a capacidade de produção da empresa será de 15 mil toneladas de condimentos, entre ketchup, maionese e mostarda em diferentes embalagens, aumentando em 50% o volume de produção da planta atual. Ao agradecer o grupo Kraft Heinz por acreditar no Brasil e especialmente em Goiás, o governador Marconi Perillo fez uma homenagem especial a um empresário que muito contribuiu para o desenvolvimento de Goiás, atuando na região de Nerópolis – Carmello Paoletti, um dos fundadores das indústrias de atomatados Etti e Quero, que morreu em setembro de 2012, aos 81 anos de idade.

“Todo progresso tem uma finalidade, que é o bem estar, que é o emprego para as pessoas”, disse. Ele ressaltou que a Kraft Heinz Brasil chega inovando, investindo e acreditando no Brasil. “Isso é um sinal de confiança renovada em nosso País”.

Argumentou também que a economia brasileira começou a dar sinais de recuperação e, mesmo com a recente crise política, todos indicadores começaram a apontar um caminho muito favorável ao País nestes últimos 12 meses: “A inflação caiu de 10% para 4%, as taxas de juros de quase 15 pontos para 11, o PIB deve chegar, se a gente não tiver mais marolas, ao final deste ano a 3%, sem a gente descontar o tombo do ano passado vai dar 0,5%”, observou o governador, dirigindo-se aos investidores.

Na avaliação dele, o investimento de R$ 380 milhões da Kraft Heinz Brasil é uma sinalização “muito positiva” para o Brasil. Sublinhou também que Goiás é um Estado diferenciado, levando-se em consideração a realidade de outros estados da Federação, porque nos quase três anos de crise não houve sequer um dia de atrasado na folha de pagamento servidores ativos e inativos. Outro dado importante, enfatizou, é que Goiás tem hoje uma economia muito diversificada: 3º maior produtor de minério do País, quatro montadoras de veículos, 2º maior parque farmoquímico, indústrias de confecção e alimentícia, e hoje exporta para mais de 160 países.

Na oportunidade, o governador defendeu a aprovação da convalidação dos incentivos fiscais pela Câmara dos Deputados, segundo ele um marco no desenvolvimento de Goiás. Também aproveitou para pedir apoio dos investidores da Kraft Heinz para atração de novas fábricas, como forma de ampliar a cadeia produtiva. “Esses 500 novos empregos serão muito importantes não só na estatística, no momento em que o Brasil amarga mais de 13 milhões de desempregados, mas serão importantes no lado social”, disse Marconi, para quem “um pai empregado é a garantia de uma família sólida”.

O diretor da Kraft Heinzn América Latina, Francisco Sá, afirmou em entrevista, que a segurança jurídica e os apoios proporcionados pelo governo estadual foram decisivos na escolha de Goiás para expansão dos negócios do grupo no Brasil, principalmente em relação à velocidade da infraestrutura ofertada pelo Estado para ampliação do parque industrial da empresa. Sá informou que a empresa trará para Goiás o que há de mais moderno em sustentabilidade, tecnologia e aproveitamento de recursos renováveis. “Essa fábrica será referência mundial em tecnologia de processos, com laboratórios de última geração, sistemas inteligentes de tratamento de água e de resíduos sólidos, e baixa emissão de poluentes”, afirmou o presidente da Brasil Kraft Heinz, Pedro Drevon.

A Kraft Heinz no mundo – A Kraft Heinz Company é a 5.ª maior empresa de alimentos e bebidas do mundo. Detentora de um portfólio de marcas referenciais, os produtos da empresa são líderes de vendas em 50 países e podem ser encontrados em mais de 200 países ao redor do mundo. Além de ketchup, mostarda e maionese, os principais produtos da companhia são molhos e nutrição infantil.

Participaram da assinatura do protocolo de intenções quatro secretários de Estado os presidentes José Evaristo dos Santos (Fecomércio), Otávio Lage Filho (Adial) e Paulo Alves (Fieg), o deputado federal Giuseppe Vecci, o deputado estadual Jean Carlo o prefeito de Nerópolis, Gil Tavares, vereadores, e representantes da comunidade local.