CORONAVÍRUS

“Exemplo tem que vir de cima”: Prefeito de Caldas corta 50% do salário

Evandro Magal assina decreto que reduz subsídio do prefeito, vice e secretários do município


Francisco Costa
Do Mais Goiás | Em: 31/03/2020 às 14:35:19

Evandro Magal (Foto: reprodução/Mais Goiás)
Evandro Magal (Foto: reprodução/Mais Goiás)

O prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (Progressistas), assinou um decreto na noite de segunda-feira (30) que reduz em 50% os salários dele próprio, do vice-prefeito e dos secretários municipais. Além disso, o gestor enviou projeto à Câmara da cidade para que seja possível reduzir, também pela metade, o provento dos comissionados. “Não adianta só exigir da população. O poder público tem que dar o que exemplo”, disse.

De acordo com o chefe do poder Executivo de Caldas Novas, as gratificações dos servidores efetivos também serão reduzidas em 50%. “Com essa economia, teremos dinheiro para pagar a folha de abril, manter a cidade funcionando e garantir recurso para o básico, o essencial, no combate ao coronavírus”. Magal espera pagar serviços de ambulância, máscara, álcool em gel, luvas, equipamentos de proteção individual, respiradores e unidades de terapia intensiva. “O exemplo tem que vir de cima.”

O decreto, assinado na noite de segunda-feira, entrou em vigor na data de sua publicação. A medida, inicialmente, vale pelo período de 30 dias. Confira o texto na íntegra aqui.

Veja o anúncio: