Do Mais Goiás

Ex-vereadora de Valparaíso, morre Tia Creusa aos 63 anos

"Seu coração não aguentou", informou a filha, Adriana Góes

Ex-vereadora de Valparaíso, morre Tia Creusa
Ex-vereadora de Valparaíso, morre Tia Creusa (Foto: Reprodução)

A ex-vereadora por Valparaíso de Goiás, Creusa Góes – mais conhecida como Tia Creusa – morreu nesta segunda-feira (3) em decorrência de problemas do coração. A confirmação foi dada pela filha, Adriana Góes. “Seu coração não aguentou.”

“É com o coração dilacerado de dor, meu peito explodindo que informo que minha mãe nos deixou a pouco. Partiu o esteio da nossa família. A base de sustentação. Mulher guerreira e bondosa. Forte e determinada. Seu coração não aguentou. Peço aos amigos e amigas que orem por ela e por nós seus 8 filhos, meu pai, genros e noras, netos e netas. Não sei como será a vida daqui para frente”, escreveu nas redes sociais.

Ex-colega de legislatura na cidade, a deputada estadual Lêda Borges também lamentou a morte de Tia Creusa. “Valparaiso perde mais um de seus pioneiros. Ao seu companheiro de vida, aos seus filhos e netos nossos sentimentos de pesar por perda irreparável. Que tia Creusa descanse em paz nos braços do Pai e que Deus conforte nossos corações”, lamentou.

E ainda: “Minha colega de legislatura. Combativa, firme, leal aos seus familiares e amigos. Não resistiu a um procedimento cardiológico hoje em Goiânia. Deixa um legado de trabalho e dedicação a esta cidade que ela tanto amava, acho que até mais do que o seu querido estado do Pará.”

Procedimento em Goiânia

No domingo (2), Creusa chegou a informar pelo Facebook que viria a Goiânia para realizar uma angioplastia. “Há quase três meses que estou bastante ruim, fiz um cateterismo onde constatou algumas artérias entupidas.”

Destaca-se, Tia Creusa foi a primeira mulher a presidir a Câmara de Valparaíso. Sempre ligada à política, nesta segunda, horas antes de falecer, ela publicou críticas contra a decisão da atual gestão de proibir a atividade de ambulantes e permissionários de áreas públicas.

No pleito passado, ela apoiou o candidato derrotado Elvis Santos, do Solidariedade. Tia Creusa tinha 63 anos.