Dois mandados

Ex-vereador de Aloândia é preso em flagrante por tráfico de drogas

Ele foi detido no município de Itumbiara, nas proximidades da BR 153 após denúncia feita ao Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc)


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 10/10/2019 às 18:35:07

Ex-vereador de Aloândia é preso em flagrante por tráfico de drogas. (Foto: Divulgação/PC)
Ex-vereador de Aloândia é preso em flagrante por tráfico de drogas. (Foto: Divulgação/PC)

Na noite de quarta-feira (9) o ex-vereador da cidade de Aloândia, Alcione Furtado de Mendonça, de 40 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas. Ele foi detido no município de Itumbiara, nas proximidades da BR 153.

De acordo com a Polícia Civil (PC), o Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) recebeu informações que Alcione saiu de Aloândia sentido Itumbiara levando consigo uma carga de tijolos. No entanto, na volta levaria crack para ser revendido na cidade de origem.

Após buscas da equipe no caminhão conduzido pelo ex-parlamentar foram apreendidos dois tabletes de crack ainda a ser fracionado e mais três “pedras” da mesma droga. A PC calcula que, após fracionado, o entorpecente apreendido resultaria em mais de 300 porções. O suspeito responderá por crime de tráfico e foi conduzido ao Presídio regional de Itumbiara.

Alcione exerceu dois mandatos em Aloândia. O primeiro entre 1995 e 1998, e o segundo de 2013 a 2016. Em nota enviada ao Mais Goiás, a Câmara de Vereadores do município informa que a Casa tomou conhecimento do fato por meio da imprensa. Além disso, afirmou que aguarda o esclarecimento dos fatos “primando mais uma vez pelo cumprimento da Lei”.

O espaço neste portal de notícias está aberto, caso haja interesse da defesa do vereador em se manifestar sobre o assunto.

Confira a nota da Câmara de Aloândia completa:

 A Câmara Municipal de Aloândia informa que o Sr. Alcione Furtado de Mendonça exerceu mandato de vereador por duas vezes, de 1995 a 1998 e de 2013 a 2016, que neste período fez um trabalho brilhante ao município de Aloândia.

Sobre a prisão, informamos que tivemos conhecimento dos fatos por narrados pela impressa. Diante de tais fatos esta Casa Legislativa aguarda o esclarecimento dos fatos, primando mais uma vez pelo cumprimento da Lei.