Cidades

Ex-presidente da Transurb na década de 1990 assume a Metrobus

Convite foi feito por Ronaldo Caiado (DEM), ontem, e aceito: governador deixou claro, ao assumir Estado, que não tem interesse na estatal e que pretende discutir privatização


Jairo Menezes

Do Mais Goiás | Em: 10/01/2019 às 18:25:39


Paulo César Reis foi presidente da Transurb entre 1991 e 1997 e reassume, a convite do governador Ronaldo Caiado, presidência da Metrobus (Foto: Arquivo Pessoal)
Paulo César Reis foi presidente da Transurb entre 1991 e 1997 e reassume, a convite do governador Ronaldo Caiado, presidência da Metrobus (Foto: Arquivo Pessoal)

A Metrobus, estatal que administra a linha do Eixo Anhanguera, tem um novo presidente. Assume nesta sexta-feira (11), Paulo César Reis, no lugar de Daniela Machado Malaspina Lima. Ele foi presidente da extinta Empresa de Transporte Urbano do Estado de Goiás (Transurb), entre 1991 e 1997, e recebeu o convite do próprio governador, Ronaldo Caiado (DEM), na quarta-feira (9).

Durante entrevistas concedidas no início do mês, Caiado já havia demonstrado interesse em privatizar a estatal. O governador disse a um jornal da capital que não pretende que a gestão dele “se preocupe com isso”, referindo-se à Metrobus. O ano de 2018 fechou com prejuízo acumulado em R$ 195 milhões para a empresa.

Foto: Reprodução/ Vídeo/ Mais Goiás

Nos últimos tempos, Paulo Reis foi conselheiro fiscal da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), e administrava uma empresa familiar. Ele e a família têm uma loja de venda de carros usados de alto padrão na avenida T-63.

“O próprio governador me fez o convite, ainda ontem (9), e aceitei. Amanhã (11) assumo. Será com prazer, depois de colocar a casa em ordem, e recebo vocês para um café”, confirmou Paulo Reis, em entrevista ao Mais Goiás. Ele não entrou em detalhes sobre privatização, ou qualquer tipo de intenção do governo com a Metrobus.

Paulo Reis tem bom entrosamento com empresas do transporte coletivo que fazem parte do consórcio. Ele foi o último presidente da Transurb, de 16 de março de 1991 a 20 de agosto de 1997, até que a empresa se transformou em Metrobus, para administrar todo o transporte coletivo da capital, mas hoje administra somente o Eixo Anhanguera.

Nos bastidores do Palácio das Esmeraldas, fala-se em uma audiência futura entre o governador e o prefeito de Goiânia, Íris Rezende (MDB), para discutir o futuro da Metrobus.