Da Redação
Do Mais Goiás

Ex-Ken Humano festeja transição: ‘Tentei ser homem, não deu certo’

"Adoro usar decote, maquiagem, cabelão, colocar cílios. Já acordo de salto alto, fica do lado da minha cama", afirmou Roddy

Ex-Ken Humano festeja transição: 'Tentei ser homem, não deu certo'
"Adoro usar decote, maquiagem, cabelão, colocar cílios. Já acordo de salto alto, fica do lado da minha cama", afirmou Roddy (Foto: Reprodução/Instagram)

Após 80 cirurgias plásticas que lhe renderam o apelido de Ken Humano, Rodrigo Alves (ou Roddy, como decidiu se chamar até escolher um nome feminino ) se reivindicou mulher trans. Filha de uma brasileira e um britânico, Roddy disse em entrevista ao UOL, que as cirurgias foram tentativas de se adequar a um corpo ao qual não pertencia.

“Para poder ser mais masculino, coloquei abdômen falso, braço, implante no queixo. Nasci homem e fiz várias cirurgias para reafirmar isso. Nada adiantou. Lutei contra a minha natureza, tentei ser homem, mas não deu certo“, contou Roddy.

“Tenho 36 anos bem vividos. Viajei o mundo inteiro, já fiz 300 programas de TV em 24 países, participei de duas edições do Big Brother na Europa. Já frequentei Oscar, Globo de Ouro… Tudo isso porque eu era um personagem exótico, mas me arrependo do tempo que demorei para iniciar a transição“, admite.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Alves (@rodrigoalvesuk) em

Contudo, Roddy diz que nunca gostou do apelido de Ken Humano. “Nunca quis ser o Ken Humano. Quem fazia isso era a mídia. Nunca fui feliz assim. Eu via uma mulher linda no tapete vermelho e queria ser igual a ela! Não queria usar terno e gravata”, confessa.

Sobre a transformação em mulher trans, Roddy diz que não se descobriu, nasceu assim. “Quando eu era criança, não sabia a diferença entre meninos e meninas. Pensava que todos eram iguais. Não entendia porque era tão afeminada. Pensava que era gay. Mas eu nunca fui. Eu era uma mulher transgênero presa em um corpo de menino”, afirma.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Alves (@rodrigoalvesuk) em

Adeus Ken Humano

Em setembro de 2019 Roddy tomou a decisão de transicionar. Teve início o tratamento psicológico, hormonal e uma série de cirurgias na Tailândia, onde se inteirou de cada detalhe da cirurgia de redesignação sexual, ainda a ser realizada.

Quando voltou para a Europa, já tinha apliques no cabelo e usava roupas femininas. “Adoro usar decote. Acordo já com salto alto, fica do lado da minha cama. Adoro maquiagem, cabelão, colocar cílios, fazer as unhas. Isso pode parece feminino demais, mas é a minha realidade, é o que me faz ser feliz”, admite o ex-Ken Humano.

“Minha transição está sendo muito rápida. Tirei o abdômen tanquinho, coloquei gordura nos quadris e no bumbum. Coloquei prótese de silicone nos seios, 825ml em cada um. Há duas semanas, fiz a cirurgia de feminização facial, da qual ainda estou me recuperando”, recorda Roddy.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Alves (@rodrigoalvesuk) em

*Para a entrevista completa, acesse aqui.