Cidades

Ex-diretor é ouvido na CEI da Saúde e nega participação na Máfia do Samu

Carlos Henrique Bahia contou também que é comum que pacientes permaneçam em UTIs quando poderiam estar em quartos normais, o que aumenta o custo de internação em mais de 60%

Do Mais Goiás | Postado em: 20/03/2018 às 08:03:31
Ex-diretor é ouvido na CEI da Saúde e nega participação na Máfia do Samu
Ex-diretor do Samu Carlos Henrique Bahia, conhecido como Caíque, foi ouvido, nesta segunda-feira (19) | Foto: Wictória Jhefany/ Câmara Municipal de Goiânia


Compartilhe



Compartilhe