Estadao Conteúdo

Ex-deputado Simão Sessim morre em decorrência de um câncer

Político, que também foi prefeito de Nilópolis, foi eleito para a Câmara por 10 mandatos. Além do câncer, ele contraiu Covid

Ex-deputado Simão Sessim morre em decorrência de um câncer
Ex-deputado Simão Sessim morre em decorrência de um câncer (Foto: reprodução - Diário do Rio)

O ex-deputado federal Simão Sessim (PP-RJ) morreu na madrugada desta segunda-feira no Hospital Pró-Cardíaco, na zona sul do Rio. Parlamentar por dez mandatos consecutivos, ele não conseguiu se eleger em 2018. Sessim tratava de um câncer linfático e contraiu Covid-19.

A morte de Simão Sessim foi confirmada por um dos filhos, Sergio, ex-prefeito da cidade de Nilópolis, reduto eleitoral da família.

“Com um aperto enorme no coração comunico a vocês o falecimento de um guerreiro que nunca fugiu da luta, combateu o bom combate e guardou a sua fé, você sempre estará conosco em nossos corações e nas nossas memórias. Deus me deu a honra de ser meu pai, que junto com a minha mãe nos ensinou o respeito ao próximo e o amor pelo nosso povo e pela terra onde nascemos”, diz trecho de postagem de Sergio em uma rede social.

Filiado ao Progressistas, Simão Sessim foi deputado federal entre 1979 e 2019. Elegeu-se primeiro pela extinta Arena, partido que deu suporte ao governo durante a Ditadura Militar, e ao longo das últimas décadas esteve vinculado ao PDS, PPB e PP – mesmo partido, que apenas mudou de nomenclatura e hoje se chama Progressistas -, além de um período vinculado ao PFL (hoje DEM)

Fora do Congresso ao somar 34.267 votos na última eleição, Simão Sessim atualmente ocupava o cargo de chefe da representação do governo do Estado em Brasília.