Reality Show

Ex-BBB Gabriela diz que se unirá a Rodrigo em processo contra intolerância religiosa

"Vi uns vídeos polêmicos e vou fazer algumas coisas a respeito. Principalmente, sobre intolerância religiosa" disse a ex-sister no programa Mais Você


FolhaPress
FolhaPress
Do FolhaPress | Em: 09/04/2019 às 14:38:53

Os ex-BBBs Gabriela e Rodrigo (Foto: Divulgação)
Os ex-BBBs Gabriela e Rodrigo (Foto: Divulgação)

Gabriela foi eliminada do BBB 19 no último domingo (7) com 60,64% dos votos e esteve no programa Mais Você, da TV Globo, nesta segunda-feira (8), para falar sobre suas descobertas após a saída da casa e os casos de intolerância.

“Vi uns vídeos bem polêmicos nessa madrugada, que eu vou fazer algumas coisas [a respeito]. Principalmente, sobre intolerância religiosa, porque eu acho que respeitei tudo lá dentro”, disse a ex-“sister”. “E me chocou um pouco. Então, vou conversar com o Rodrigo e daqui para frente são outras coisas”.

O caso de intolerância mencionado se refere às investigações em cima da sister Paula, feita pela Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância). Rodrigo, participante também eliminado, disse após a sua saída da casa que abriria um processo para investigar os casos que ele enxerga como preconceituosos.

Antes da entrevista com Ana Maria, e mesmo antes de voltar para a casa, Gabriela conversou com Fernanda Keulla, da Rede BBB, e disse que Paula, apesar de ser ótima jogadora, não mereceria ganhar o reality. “Fez vários comentários que devem ter machucado muita gente”, disse.

Na entrevista com Ana Maria, Gabi ainda falou sobre a última prova de resistência, que a colocou no paredão. “Foi um decisão difícil, mas estava sentindo dor há muito tempo. Paula estava soltando umas frases, estava tentando me tirar. Para ela também não estava sendo fácil, ela estava delirando. Não aguentei mais. Teve uma hora que minhas costas travaram”.

Dentre outros desafios, ela conta que também precisou lidar com a baixa autoestima dentro do reality. “Não tinha nenhuma autoestima. Não conseguia falar obrigada. Quando falavam que eu sou bonita, eu só sorria. Tinha vergonha porque eu não acreditava. O lance de estar numa casa com muitos espelhos, [é que] você se vê o tempo todo. Na minha residência, eu fugia do espelho”, disse.